Arquivo da tag: 750

Honda Shadow 750 ABS – 2011


 

 (Fotos: Honda/Divulgação)

 

Honda Shadow 750 ABS – A Sombra agora está mais obediente com a nova versão equipada com freios a disco nas duas rodas e ABS combinado ganha mais em segurança e conserva o mesmo visual volumoso, com rodas raiadas e escape cromado

A veterana custom Shadow 750 ganhou mais uma versão, desta vez equipada com freios C-ABS. O modelo com o sistema foi apresentado em 2009, mas somente agora está chegando ao mercado. Inicialmente, será vendido na Europa, para depois alcançar outras praças.

shadow_abs_8_thumb

O Brasil pode ser um dos próximos endereços, embora a Honda não confirme, já que o modelo é produzido em Manaus, Amazonas, e comercializado oficialmente. A Shadow 750 chegou ao mercado nacional em 2005 para substituir a irmã mais nova Shadow 600, que subiu no telhado, sendo modernizada tecnicamente ao longo do tempo.

 

shadow_abs_1
Em 2008, aposentou o carburador e ganhou o sistema de injeção eletrônica de combustível, para alimentar o clássico motor com arquitetura de dois cilindros em V, com inclinação de 52 graus e refrigeração líquida. O visual recebeu retoques, porém manteve a essência de uma custom, com muito volume, cromados sem economia e uma posição de pilotagem adaptada para estradas, com pernas esticadas e guidão mais largo. Um casamento consagrado com o propulsor do tipo V dois, que tem a preferência de 10 entre 10 consumidores do segmento. Agora também ganha a opção de freios mais seguros e eficientes, aposentando o tambor na roda traseira.

 

shadow_abs_4

DISCO O sistema C-ABS exigiu a adoção do disco na roda traseira, eliminando o jurássico tambor empregado na Shadow 750 standard e também usado no modelo nacional. É que o dispositivo C (Combined), do C-ABS, atua em conjunto nas duas rodas, distribuindo a pressão de frenagem entre a dianteira e a traseira, independentemente da vontade do piloto, aumentando ainda mais a eficiência e obediência do sistema anti-travamento, totalmente incompatível com o antigo freio a tambor, até então empregado muitas vezes em nome de uma maior fidelidade de estilo.

 

shadow_abs_2

Uma sensível melhora técnica e ainda maior no quesito segurança. A modernidade do freio a disco na traseira compensa com juros a quebra no padrão característico do segmento. Além disso, a Honda Shadow 750 tem outros pecados aos olhos dos mais puristas do estilo.

Conta com a heresia da refrigeração líquida, que, para amenizar, tem um radiador camuflado entre as hastes do quadro e um motor com aletas, como nas custom clássicas refrigeradas a ar. Em compensação, o motor com 745cm³ e seis válvulas funciona redondo e fornece 45,5cv a 5.500rpm e torque de 6,5kgfm a apenas 3.500rpm, deixando a Shadow (sombra em português) 750 fácil de pilotar.

 

shadow_abs_5

ESTILO Para facilitar ainda mais a condução, o banco, em dois níveis, fica a apenas 658mm do chão, permitindo a colocação dos dois pés no solo quando parada. O visual da Shadow 750 tem o padrão do modelo American Classic Edition – ACE, feito para agradar ao mercado americano, no qual o segmento é bastante apreciado. Os para-lamas são bastante envolventes e o painel fica sobre o tanque. Os escapes com duas longas saídas são cromados e as rodas raiadas. Coincidências propositais com a mãe do segmento, Harley-Davidson. Até mesmo o som do motor é trabalhado para emitir sons mais graves e ritmados, como nas americanas.

 

shadow_abs_3

O conceito longa e baixa também faz parte. A distância entre-eixos é de 1.640mm, enquanto o comprimento total é de quase 2,5m, penalizando a agilidade no trânsito. As pedaleiras são convencionais, diferentemente do estilo plataforma adotado no modelo sem ABS. Desta forma, pode-se inclinar mais nas curvas, embora a sua praia seja as estradas mais planas. A suspensão dianteira é convencional com tubos de 41mm e 117mm de curso.

A suspensão traseira tem duplo amortecedor com apenas 90mm de curso, para sofrimento da coluna. O freio dianteiro tem disco de 296mm de diâmetro e o traseiro, de 276mm. A transmissão final é por cardã, com câmbio de cinco marchas.

texto: Téo Mascarenhas – Estado de Minas
fotos: motociclismo online

shadow_abs_6_thumb[1]

shadow_abs_7_thumb

shadow_abs_9_thumb

shadow_abs_10_thumb[1]

 

Equipe: MotosBR

Anúncios

1 comentário

Arquivado em HONDA

Suzuki GSR 750 – 2011


Agorá é Ofical … A Suzuki anuncia sua Nova GSR750 …

gsr750-9

gsr750-12

FICHA TÉCNICA
GSR750 Ano Modelo: 2011

Motor e transmissão :
4-cilindros do motor de 4 tempos em linha, refrigerado a água
Design, sistema de arrefecimento: 749 centímetros ³
Diâmetro x curso: 72,0 x 46,0 milímetros
Taxa de compressão: 12,3: 1
Potência (sem ar direto): 78 kW / 10 200 min-¹ (106 HP)
Torque máximo: 80 Nm / 9,000 min-¹
Válvulas por cilindro. : DOHC (tuchos) / 4
Sistema de combustível: SDTV injeção de combustível, 38 mm Ø com ISC controle da marcha lenta
lubrificação do motor: Wet sump com permutador de calor
controle de exaustão: Suzuki Exhaust System Tuning
Ignição : Eletrônica
Embreagem: discos múltiplos em banho de óleo, cabo
Caixa de marchas / final: 6 velocidades / corrente O-ring
Velocidade máxima: 220 kmh

 

gsr750-3

 

Suspensão
Tipo de quadro: Ponte frame de aço
Suspensão dianteira: garfo telescópico invertido, Ø 41 mm
Sistema de Suspensão: As molas helicoidais
Suspensão traseira: tubo retangular de aço
Sistema de Suspensão: Central amortecedor com sistema de alavanca, mola / mola de gás

Freios e Rodas:
Freio D. : 2 discos, Ø 310 mm, pistão duplo
Freio T: 1 disco, Ø 240 mm, 1 pistão
Rodas (s) / Pneus dianteiros: 3.50×17 / 120/70ZR17 (58W)
Rodas (s) / Pneus traseiros: 5.50×17 / 180/55ZR17 (73W)

 

gsr750-10

Sistema elétrico
Sistema de ignição: Digital bobina de ignição transistor direto
Bateria / alternador: 8Ah 12V / 375 W

Massas, dimensões
Dimensões (CxLxA) / Distância entre eixos: 2115 x 785 x 1060 mm / 1450 milímetros
Altura do assento: 815 milímetros
Peso seco: 211 kg
Peso bruto do veículo: 430 kg
Capacidade do tanque (de combustível): 17,5 litros (mínimo de 91 octanas gasolina sem chumbo) .

gsr750-8

gsr750-11

gsr750-4

gsr750-5

gsr750-6

gsr750-7

gsr750-1

gsr750-2

Fonte: http://motorrad.suzuki.de/

Equipe: MotosBR

2 Comentários

Arquivado em SUZUKI

Veja como pode ser a nova Suzuki GSR 750 !!!


A Suzuki não dorme em relação a novidades. Embora não tenhamos assistido a grandes notícias relativas à marca sediada em Hamamatsu, isto não quer dizer que não tenhamos novos modelos Suzuki em 2011. É o caso desta naked de média cilindrada, a GSR750.

 

clip_image002

 

A informação é neste momento escassa em termos técnicos sobre a moto, mas do que se sabe é que a GSR750 irá utilizar o motor da desportiva GSX-R750 que verá a sua potência descer, de acordo com rumores, para os 125 cv de potência máxima.
Com a intenção de manter os custos de produção e, por consequência, o preço que o consumidor terá de pagar pela GSR750 em níveis considerados baixos, a Suzuki irá optar por soluções um pouco mais económicas.

O quadro será semelhante ao da GSX-R mas em alumínio fundido, o braço oscilante será de desenho mais simples, as suspensões não devem permitir grandes possibilidades de regulagens e, por último, como se pode ver na imagem, as pinças de freio não serão de fixação radial.

A nova GSR750 será apresentada no Salão de Colónia – INTERMOT.

Esta é mais uma entrada direta para uma categoria que vai aumentando rapidamente no número de opções disponíveis para os motociclistas. Em 2011 teremos nas naked de média cilindrada a GSR750, a nova Kawasaki Z750 R, a Yamaha FZ8, a BMW F800 R e a Ducati Monster 796. Esta é uma clara demonstração que as naked de 600 cc estão aos poucos a ser substituidas por motos de cilindrada um pouco maior.

fonte: motociclismopt

equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS