Arquivo da tag: manaus

CR Zonsghen inaugura nova fábrica em Manaus .


Equipada com uma das mais modernas linhas para fabricação de motocicletas no mundo,  A CR Zonsghen inicia ainda neste mês de setembro a produção de 12 modelos de motocicletas da marca Kasinski

kasinski1
Zuo Zongqing, vice presidente Grupo Zongshen e Claudio Rosa Junior, Presidente CR Zongshen do Brasil – inauguração nova unidade fabril Manaus (AM)

No último dia 24, a CR Zongshen do Brasil, fabricante de motocicletas e dona da marca Kasinski, abriu as portas da sua nova fábrica em Manaus (AM).
Com quase seis vezes a capacidade produtiva atual, a nova unidade está preparada para produzir cerca de 110 mil motos/ano. São cerca de 300 funcionários que já neste mês de setembro começam a fabricar os 12 atuais modelos de motocicletas da marca Kasinski.

A nova unidade é a concretização de uma das etapas do plano da CR Zongshen para o Brasil. “Estamos nos fixando no País com uma base sólida, pois somos um dos grandes fabricantes mundiais com sede no Brasil”, diz Claudio Rosa Junior, presidente da Kasinski.

“É muito valiosa a participação da CR Zongshen no Brasil. Temos muito respeito pelo Estado do Amazonas porque é um lugar de riquezas e economia acelerada; por isso, é muito importante a inauguração desta fábrica”, declara Zuo Zongqing, vice-presidente do Grupo Zongshen.

kasinski2
Linha de produção flexivel – alta produtividade e eficiencia

Uma das linhas de produção mais modernas do mundo
A nova unidade fabril marca um novo momento do setor das Duas Rodas no Brasil. Exclusiva no País, a nova linha de produção de motocicletas possui características tecnológicas singulares. Com foco no ganho de eficiência e produtividade, a linha permite ainda fabricar modelos diferentes ao mesmo tempo, deixando a programação da fábrica muito mais flexível.

“Estamos investindo também em tecnologia de produção. Com isso, damos um passo à frente no mercado. Para atingir a mesma eficiência e produtividade com as linhas de produção existentes hoje no mercado brasileiro precisaríamos do triplo da área fabril e de pelo menos o dobro do número de funcionários”, explica o presidente. “A partir de agora, a CR Zongshen estende a sua austera política de otimização de custos e de ganho de eficiência também para a área produtiva”, acrescenta.

“Entre as 58 empresas distribuidoras no mundo, a Kasinski é a número um. Temos como meta criar uma nova cultura de motocicletas no Brasil”, diz Chunil Park, vice-presidente da S&T Hyosung.

kasinski3
Linha de produção – motores

Investimento em um novo Complexo Industrial
Além da mudança para um novo prédio industrial (setembro/2010), a CR Zongshen inicia neste segundo semestre (2010) as obras para a construção de um Complexo Industrial que tem previsão para entrar em operação em 2012. Estão sendo investidos R$ 45 milhões na obra civil do novo complexo.
As obras de terraplanagem já estão sendo iniciadas em um terreno próprio de mais de 130 mil metros quadrados.

Expansão da cadeia produtiva
Seguindo a estratégia de organização da cadeia produtiva do Grupo Zongshen, na China, a Kasinski deu início à formatação de uma empresa dedicada à fabricação de componentes, a CRZ Components.

Esta empresa já está constituída em Manaus (AM).  O primeiro componente a ser fabricado será o chassi da motocicleta e a produção deve iniciar no primeiro trimestre de 2011.

“Muitos de nossos fornecedores na China têm grande interesse no mercado brasileiro. Iniciaremos a fabricação de componentes pelo chassi e cerca de outros seis fabricantes já estão confirmados e devem vir na sequência. Este movimento reforça a nossa estratégia de longo prazo para o Brasil”, comenta Claudio Rosa Junior, presidente.

kasinski4

Linha de produção – motores

Crescimento constante
Com um crescimento de 168,2% em volume de vendas e 318,1% em receita bruta, a Kasinski confirma o 1o semestre de 2010 como o melhor da sua história. O desempenho operacional no primeiro semestre de 2010 registrou o melhor resultado da história da companhia. A receita bruta cresceu 318,1%, atingindo R$ 71 milhões, e o volume de unidades vendidas registrou um salto 168,2% superior em relação à igual período de 2009, alcançando 8.969 motocicletas.

Com um portfólio de 12 produtos de 110 a 650 cm³ de cilindrada, incluindo um modelo de scooter elétrico, a Kasinski inovou e fixou-se como uma fabricante realmente revolucionária no segmento de motocicletas.  Neste período, a companhia lançou sua primeira campanha institucional e 30 dias após a veiculação do filme “Rolé” em todo o Brasil a empresa já registrava 36% de incremento no número de unidades emplacadas.

kasinski5

Linha de produção – alta produtividade e eficiencia

Novo Consórcio Kasinski
A Kasinski acaba de firmar parceria com o Consórcio Luiza, um dos maiores administradores de consórcios do País.
A partir de setembro, o “Consórcio Kasinski – Administração Consórcio Luiza” inicia vendas de cotas de consórcio nas mais de 600 lojas do Magazine Luiza onde o Consórcio Luiza atua, via representantes e também nas 150 concessionárias Kasinski em todo o Brasil.

A venda de cotas de consórcio é válida para todos os 12 modelos de motocicletas Kasinski disponíveis hoje no Brasil.
“A opção pela parceria com o Consórcio Luiza foi principalmente por ser uma operação ágil e extremamente eficiente. Além disso, podemos contar com a força de vendas de uma empresa coligada a uma das mais importantes redes de varejo do País, o Magazine Luiza. Temos certeza de que esta união será um sucesso”, declara Claudio Rosa Junior, presidente da Kasinski.

kasinski6

Linha de produção – alta produtividade e eficiencia

Mais informações:  Max Midia Comunicação


Equipe:MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS

CR Zonsghen inaugura nova fábrica em Manaus .


Equipada com uma das mais modernas linhas para fabricação de motocicletas no mundo,  A CR Zonsghen inicia ainda neste mês de setembro a produção de 12 modelos de motocicletas da marca Kasinski

kasinski1
Zuo Zongqing, vice presidente Grupo Zongshen e Claudio Rosa Junior, Presidente CR Zongshen do Brasil – inauguração nova unidade fabril Manaus (AM)

No último dia 24, a CR Zongshen do Brasil, fabricante de motocicletas e dona da marca Kasinski, abriu as portas da sua nova fábrica em Manaus (AM).
Com quase seis vezes a capacidade produtiva atual, a nova unidade está preparada para produzir cerca de 110 mil motos/ano. São cerca de 300 funcionários que já neste mês de setembro começam a fabricar os 12 atuais modelos de motocicletas da marca Kasinski.

A nova unidade é a concretização de uma das etapas do plano da CR Zongshen para o Brasil. “Estamos nos fixando no País com uma base sólida, pois somos um dos grandes fabricantes mundiais com sede no Brasil”, diz Claudio Rosa Junior, presidente da Kasinski.

“É muito valiosa a participação da CR Zongshen no Brasil. Temos muito respeito pelo Estado do Amazonas porque é um lugar de riquezas e economia acelerada; por isso, é muito importante a inauguração desta fábrica”, declara Zuo Zongqing, vice-presidente do Grupo Zongshen.

kasinski2
Linha de produção flexivel – alta produtividade e eficiencia

Uma das linhas de produção mais modernas do mundo
A nova unidade fabril marca um novo momento do setor das Duas Rodas no Brasil. Exclusiva no País, a nova linha de produção de motocicletas possui características tecnológicas singulares. Com foco no ganho de eficiência e produtividade, a linha permite ainda fabricar modelos diferentes ao mesmo tempo, deixando a programação da fábrica muito mais flexível.

“Estamos investindo também em tecnologia de produção. Com isso, damos um passo à frente no mercado. Para atingir a mesma eficiência e produtividade com as linhas de produção existentes hoje no mercado brasileiro precisaríamos do triplo da área fabril e de pelo menos o dobro do número de funcionários”, explica o presidente. “A partir de agora, a CR Zongshen estende a sua austera política de otimização de custos e de ganho de eficiência também para a área produtiva”, acrescenta.

“Entre as 58 empresas distribuidoras no mundo, a Kasinski é a número um. Temos como meta criar uma nova cultura de motocicletas no Brasil”, diz Chunil Park, vice-presidente da S&T Hyosung.

kasinski3
Linha de produção – motores

Investimento em um novo Complexo Industrial
Além da mudança para um novo prédio industrial (setembro/2010), a CR Zongshen inicia neste segundo semestre (2010) as obras para a construção de um Complexo Industrial que tem previsão para entrar em operação em 2012. Estão sendo investidos R$ 45 milhões na obra civil do novo complexo.
As obras de terraplanagem já estão sendo iniciadas em um terreno próprio de mais de 130 mil metros quadrados.

Expansão da cadeia produtiva
Seguindo a estratégia de organização da cadeia produtiva do Grupo Zongshen, na China, a Kasinski deu início à formatação de uma empresa dedicada à fabricação de componentes, a CRZ Components.

Esta empresa já está constituída em Manaus (AM).  O primeiro componente a ser fabricado será o chassi da motocicleta e a produção deve iniciar no primeiro trimestre de 2011.

“Muitos de nossos fornecedores na China têm grande interesse no mercado brasileiro. Iniciaremos a fabricação de componentes pelo chassi e cerca de outros seis fabricantes já estão confirmados e devem vir na sequência. Este movimento reforça a nossa estratégia de longo prazo para o Brasil”, comenta Claudio Rosa Junior, presidente.

kasinski4

Linha de produção – motores

Crescimento constante
Com um crescimento de 168,2% em volume de vendas e 318,1% em receita bruta, a Kasinski confirma o 1o semestre de 2010 como o melhor da sua história. O desempenho operacional no primeiro semestre de 2010 registrou o melhor resultado da história da companhia. A receita bruta cresceu 318,1%, atingindo R$ 71 milhões, e o volume de unidades vendidas registrou um salto 168,2% superior em relação à igual período de 2009, alcançando 8.969 motocicletas.

Com um portfólio de 12 produtos de 110 a 650 cm³ de cilindrada, incluindo um modelo de scooter elétrico, a Kasinski inovou e fixou-se como uma fabricante realmente revolucionária no segmento de motocicletas.  Neste período, a companhia lançou sua primeira campanha institucional e 30 dias após a veiculação do filme “Rolé” em todo o Brasil a empresa já registrava 36% de incremento no número de unidades emplacadas.

kasinski5

Linha de produção – alta produtividade e eficiencia

Novo Consórcio Kasinski
A Kasinski acaba de firmar parceria com o Consórcio Luiza, um dos maiores administradores de consórcios do País.
A partir de setembro, o “Consórcio Kasinski – Administração Consórcio Luiza” inicia vendas de cotas de consórcio nas mais de 600 lojas do Magazine Luiza onde o Consórcio Luiza atua, via representantes e também nas 150 concessionárias Kasinski em todo o Brasil.

A venda de cotas de consórcio é válida para todos os 12 modelos de motocicletas Kasinski disponíveis hoje no Brasil.
“A opção pela parceria com o Consórcio Luiza foi principalmente por ser uma operação ágil e extremamente eficiente. Além disso, podemos contar com a força de vendas de uma empresa coligada a uma das mais importantes redes de varejo do País, o Magazine Luiza. Temos certeza de que esta união será um sucesso”, declara Claudio Rosa Junior, presidente da Kasinski.

kasinski6

Linha de produção – alta produtividade e eficiencia

Mais informações:  Max Midia Comunicação


Equipe:MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS

Ducati negocia instalação de fábrica no Brasil


Após Kawasaki e BMW iniciarem suas linhas de produção em Manaus, no Amazonas, outra fabricante de peso mundial acena para uma possível vinda ao Brasil. Responsável por famosas motocicletas como a novíssima maxitrail Multistrada e a naked Monster, sem falar nas superesportivas, a Ducati pode ser a próxima empresa a fabricar motos no Pólo Industrial de Manaus (PIM).

 

Ducati

De acordo com a SUFRAMA (Superintendência da Zona Franca de Manaus), uma comitiva italiana formada por representantes governamentais e empresários do setor duas rodas está no momento na capital manauara para discutir investimentos na região.

“Há uma sensação de que devemos recuperar o tempo perdido, pois já deveríamos ter nos instalado aqui há mais tempo. Tivemos somente agora a chance de conhecer o modelo ZFM como um ambiente amplo para investimentos e esperamos fazer grandes negócios no coração da Amazônia”, afirmou Masimo Casini, representante da Associação Italiana de Ciclo, Motociclo e Acessórios (ANCMA).

 

ducati_banner

Ainda segundo Casini, entre as empresas que estariam interessadas se instalar em Manaus está a Ducati. “Estamos em fase avançada de negociações para que a Ducati possa se instalar em Manaus e, junto com ela, deverão vir outras fábricas de componentes”, explicou Casini. A expectativa é de que a fábrica seja instalada em Manaus ainda no 2º semestre de 2010.

"Os projetos de investimento deverão começar a ser apresentados nas próximas reuniões do Conselho de Administração da SUFRAMA. Temos indicativos de que já no segundo semestre as primeiras indústrias italianas começarão a se implantar. A expectativa é de que venham a se instalar aqui não apenas fabricantes de bem final, mas também de componentes, o que virá qualificar e fortalecer a competitividade do Pólo de Duas Rodas da Zona Franca de Manaus como um todo”, afirmou Flávia Grosso, superintendente da SUFRAMA.

Ducati%20Forza%20banner%20image_575

fonte: http://motociclismo.terra.com.br

equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS

Ducati negocia instalação de fábrica no Brasil


Após Kawasaki e BMW iniciarem suas linhas de produção em Manaus, no Amazonas, outra fabricante de peso mundial acena para uma possível vinda ao Brasil. Responsável por famosas motocicletas como a novíssima maxitrail Multistrada e a naked Monster, sem falar nas superesportivas, a Ducati pode ser a próxima empresa a fabricar motos no Pólo Industrial de Manaus (PIM).

 

Ducati

De acordo com a SUFRAMA (Superintendência da Zona Franca de Manaus), uma comitiva italiana formada por representantes governamentais e empresários do setor duas rodas está no momento na capital manauara para discutir investimentos na região.

“Há uma sensação de que devemos recuperar o tempo perdido, pois já deveríamos ter nos instalado aqui há mais tempo. Tivemos somente agora a chance de conhecer o modelo ZFM como um ambiente amplo para investimentos e esperamos fazer grandes negócios no coração da Amazônia”, afirmou Masimo Casini, representante da Associação Italiana de Ciclo, Motociclo e Acessórios (ANCMA).

 

ducati_banner

Ainda segundo Casini, entre as empresas que estariam interessadas se instalar em Manaus está a Ducati. “Estamos em fase avançada de negociações para que a Ducati possa se instalar em Manaus e, junto com ela, deverão vir outras fábricas de componentes”, explicou Casini. A expectativa é de que a fábrica seja instalada em Manaus ainda no 2º semestre de 2010.

"Os projetos de investimento deverão começar a ser apresentados nas próximas reuniões do Conselho de Administração da SUFRAMA. Temos indicativos de que já no segundo semestre as primeiras indústrias italianas começarão a se implantar. A expectativa é de que venham a se instalar aqui não apenas fabricantes de bem final, mas também de componentes, o que virá qualificar e fortalecer a competitividade do Pólo de Duas Rodas da Zona Franca de Manaus como um todo”, afirmou Flávia Grosso, superintendente da SUFRAMA.

Ducati%20Forza%20banner%20image_575

fonte: http://motociclismo.terra.com.br

equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS

Invasão Chinesa Ameaça Produçao de Motos em Manaus


Arthur Virgílio denuncia

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) denunciou da tribuna na última segunda-feira (6) que um grupo com capital chinês e brasileiro instalou em Manaus (AM) uma unidade de montagem de peças de motos importadas da China que ameaça a produção das fábricas de motos instaladas na Zona Franca de Manaus. Para ele, trata-se de uma –empresa de espertalhões–, que –resume negociata, desonestidade, atraso tecnológico e conspiração contra os empregos– do pólo industrial do Amazonas.

Virgílio informou que a empresa Dafra Motos oferece apenas 800 empregos na montagem das motocicletas de 150 cilindradas importadas da China, enquanto as empresas que estão há anos em Manaus empregam cerca de 18 mil pessoas. Disse que a Honda Amazonas usa em suas motos peças com 95% de nacionalização, empregando brasileiros, e não chineses. Apesar disso, o grupo chinês e os fabricantes instalados em Manaus pagam o mesmo percentual de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

– Essa empresa [Dafra] é uma fraude. Um retrocesso no pólo industrial de Manaus. Significa estagnação tecnológica para a nossa indústria de duas rodas – acrescentou.

Arthur Virgílio pediu ainda que a Receita Federal examine a situação dos sócios da Dafra, que teria apenas R$ 1 milhão de capital social, mas gasta em propaganda grandes somas. Ele observou ainda que eles se “acompanham das piores pessoas, do lobby mais obscuro que se possa praticar neste país”.

O senador opinou que Honda e a Yamaha, que fizeram pesados investimentos para produção de motos no Brasil, certamente serão desestimuladas –por essa ação de negocistas públicas e espertalhões privados–. Arthur Virgílio sugeriu que o governo reveja as normas que orientam a fabricação de motos em Manaus, fazendo exigências na parte de nacionalização das peças.

– Agencia Senado, foto Geraldo Magela – AG

Equipe:motosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS