Arquivo da tag: APRILIA

Aprilia SR Max 300/125 – 2011


Aprilia_SR_Max_2011_02

     A Aprilia apresenta o SR Max, um scooter "granturismo" disponível nas versões de 125 e 300 cc, com fortes inspirações "racing" de grafismos em seu estilo.

     O assento é bicolor e com um apoio lombar para melhor conforto e ergonomia do piloto. O amortecedor traseiro é do tipo regulável.

 

Aprilia_SR_Max_2011_04

 

     Na versão de 125 cc a motorização é de um monocilindrico de 4 tempos e 4 válvulas, referigerado por ar e dotado de injeção eletrônica, cuja potência é de 15 CV a 9.250 rpm.

 

Aprilia_SR_Max_2011_01

 

     A versão de 300 cc é também de um monocilindrico de 4 válvulas refrigerado por líquido a injeção eletrônica. A preço da 125 cc será de 3.790,00 euros e a de 300 cc apenas um pouco mais cara, 3.990,00 euros, respectivamente, algo em torno de R$ 8.700,00 e R$ 9.100,00

texto: http://sobremotos.solupress.com

 

Aprilia_SR_Max_2011_03

 

Equipe: MotosBR

2 Comentários

Arquivado em APRILIA

Aprilia Tuono V4R – 2011


ApriliaTuonoVR4_5

Feita para os motociclistas que usariam uma moto de corrida para ir tomar um café com os amigos, a Aprilia Tuono V4R é uma naked italiana para lá de radical. Equipada com motor de quatro cilindros em “V”, a nova naked da fábrica de Noale oferece 167,3 cavalos de potência máxima a incríveis 11.500 rpm.

Apresentada no Salão de Milão de 2010 como a grande estrela da Aprilia, a Tuono V4R chega agora ao mercado europeu. Além do potente motor, essa naked traz outros atrativos dignos de motos de pista: controle de tração; controle de wheelie (“empinadas”); quick shift, que permite subir as marchas sem fechar o acelerador e acionar a embreagem; e ainda controle de largada. Mas porque tudo isso em uma naked?

Simplesmente porque é uma versão de rua da superesportiva RSV4, modelo campeão do mundo de Superbike em 2010 com Max Biaggi. Da sua irmã de pista veio o propulsor e também toda a eletrônica embarcada.

ApriliaTuonoVR4_1

Motor
Com quatro cilindros dispostos em “V” a 65°, 999,6 cm³ de capacidade, quatro válvulas por cilindros e girando até 12.300 rpm, o propulsor produz muita potência (167 cv) e torque (11,3 kgf.m a 9.500 rpm) podendo levar a Tuono V4R a incríveis 270 km/h, segundo a Aprilia.

Velocidade exagerada para uma naked que conta apenas com uma pequena carenagem com faróis duplos para proteger o piloto. Mas pensando em tornar a Tuono V4R mais “civilizada”, a Aprilia dotou a moto de três mapas de gerenciamento do motor como, aliás, está na moda: o mapa Track (pista), o mais agressivo; Sport (esportivo) com a mesma potência máxima, porém entregue de forma mais suave; e Road (estrada) com 25% menos potência.

Assim como outros componentes, a caixa de marchas do tipo cassete também é semelhante às utilizadas em motos de pista. Com seis marchas, o câmbio conta com sistema quick shift, com o qual se pode subir de marcha sem fechar o acelerador ou acionar a embreagem – outro item muito usado em motos de competição. A Aprilia ainda adotou uma embreagem deslizante para evitar trancos e derrapagens nas reduções de marcha.

ApriliaTuonoVR4_2

Ciclística
Com quadro de dupla trave superior em alumínio, a Tuono V4R teve sua geometria revisada para oferecer uma melhor dirigibilidade desta naked em ruas e estradas. O conjunto de suspensão conta com garfo telescópico invertido Sachs na dianteira e uma balança traseira também em alumínio com amortecedor Sachs com reservatório de nitrogênio separadamente. Ambos são completamente ajustáveis.

Equipada com rodas de três raios em alumínio, a Tuono V4R usa pneus radiais sem câmara nas medidas 120/70 ZR 17, na frente, e 190/55 ZR 17, atrás. Para ajudar a frear os 167 cv de potência, a marca italiana não economizou: discos duplos de 320 mm de diâmetro na roda dianteira, mordidos por pinças Brembo de quatro pistões com fixação radial; já na traseira, disco simples de 220 mm e pinça flutuante também Brembo.

ApriliaTuonoVR4_4

Em sua versão top de linha a APRC (Aprilia Performance Riding Control), ou seja, com toda a eletrônica embarcada já citada, a Tuono V4R conta até mesmo com um amortecedor de direção para evitar oscilações em alta velocidade. O APRC conta com controle de tração (APRC) e ainda o controle de empinadas, que evita que a roda dianteira saia do chão em acelerações muito bruscas.

Mas chama a atenção mesmo nesta naked urbana o controle de largada, como utilizado anteriormente nos carros de Formula 1. O sistema possibilita que em arrancadas o piloto possa acelerar “tudo” e soltar a embreagem sem medo de derrapagens ou empinadas. A boa notícia para os pilotos mais radicais (ou aqueles que acham que sabem tudo) é que todos os sistemas podem ser desativados.

ApriliaTuonoVR4_3

A Aprilia Tuono V4R chega agora ao mercado europeu em três opções de cores (amarela, preta e prata) e em duas versões: a standard por 13.590 Euros na Itália (cerca de R$ 31.000) e a versão top, chamada de APRC e completa, por 15.590 Euros (R$ 35.100).

texto: Arthur Caldeira

fonte: http://www.moto.com.br

ApriliaTuonoVR4_9

ApriliaTuonoVR4_7

ApriliaTuonoVR4_11

Equipe : MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em APRILIA

Nova maxi trail da Aprilia em fase de testes .


Image

 

     Os nossos colegas da Motociclismo de Itália conseguiram a primeira imagem espia de uma moto que chamam de Caponord. Este modelo de testes demonstra que esta nova moto da casa de Noale está numa fase bastante adiantada do seu desenvolvimento, embora pouco se saiba sobre as suas especificações.

     Os rumores apontam para que a base desta nova Caponord seja a da já conhecida Dorsoduro 1200, nomeadamente o seu quadro e o seu motor bicilíndrico de 1197 cc que irá apresentar cerca de 130 cv de potência máxima (ainda á confirmar). A posição de pilotagem irá privilegiar uma postura mais direita sobre o assento de forma a permitir períodos de pilotagem mais longos e confortáveis do que na Dorsoduro.

     A nível de eletrônica espera-se que a nova Aprilia Caponord utilize as últimas evoluções tecnológicas, nomeadamente sistema de controle de tração com dois níveis de ação, sistema de frenagem com ABS e três modos de funcionamento do motor: Touring, Rain e Sport.

     A unidade de testes da imagem mostra que a moto estará nas últimas fases de desenvolvimento antes da apresentação ao mundo que, deverá ocorrer durante a realização do Salão de Milão – EICMA em Novembro próximo.

fonte: http://www.motociclismo.pt

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS

Agora é Oficial !!! Aprilia Dorsoduro 1200


O Salão de Milão – EICMA aproxima-se a passos largos. Sendo esta exposição na Itália é natural que as marcas italianas queiram guardar as suas grandes novidades para serem apresentadas no seu país.

No entanto os planos da Aprilia tiveram de se modificar um pouco após a divulgação do manual do proprietário da nova Dorsoduro 1200 na internet.

A apresentação que estava planejada para a EICMA, passou a estar planejada para o Salão de Colónia – INTERMOT.

 

Image

 

Quanto a especificações confirmadas sabemos que o motor da Dorsoduro 1200 é totalmente novo, um V-twin a 90º com – adivinharam! – 1200 cc. Esta unidade disponibiliza 130 cv de potência máxima às 8700 rpm, sendo talvez ainda mais significativo o torque máximo de 11,7 kgm.

De acordo com informações divulgadas durante a apresentação da moto no quartel-general do grupo Piaggio em Milão, a Dorsoduro 1200 terá como opcionais um sistema de ABS e também irá contar com o sistema de controle de tração da Aprilia – ATC.

fonte: http://www.motociclismo.pt

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS

Agora é Oficial !!! Aprilia Dorsoduro 1200


O Salão de Milão – EICMA aproxima-se a passos largos. Sendo esta exposição na Itália é natural que as marcas italianas queiram guardar as suas grandes novidades para serem apresentadas no seu país.

No entanto os planos da Aprilia tiveram de se modificar um pouco após a divulgação do manual do proprietário da nova Dorsoduro 1200 na internet.

A apresentação que estava planejada para a EICMA, passou a estar planejada para o Salão de Colónia – INTERMOT.

 

Image

 

Quanto a especificações confirmadas sabemos que o motor da Dorsoduro 1200 é totalmente novo, um V-twin a 90º com – adivinharam! – 1200 cc. Esta unidade disponibiliza 130 cv de potência máxima às 8700 rpm, sendo talvez ainda mais significativo o torque máximo de 11,7 kgm.

De acordo com informações divulgadas durante a apresentação da moto no quartel-general do grupo Piaggio em Milão, a Dorsoduro 1200 terá como opcionais um sistema de ABS e também irá contar com o sistema de controle de tração da Aprilia – ATC.

fonte: http://www.motociclismo.pt

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em NOTÍCIAS

Aprilia SL 750 Shiver V2


Uma nova moto Naked Aprilia SL 750 Shiver V2


Na última edição do Salão de Milão a fabricante italiana Aprilia foi um dos destaques do evento ao apresentar três novos modelos de sua linha de motocicletas. Entre eles, a grande novidade foi a nova SL 750 Shiver, uma naked com desenho futurista que promete atrair as atenções do mercado europeu em 2007.

Seu principal atrativo está no novo motor V2 projetado pela fábrica italiana. Leve e extremamente compacto, o propulsor é um bicilíndrico em “V” a 90º de 749,9 cm³ com quatro válvulas por cilindro e refrigeração liquida que esbanja potência e tecnologia. Segundo o fabricante, são 95 cv a 9.000 rpm e torque de 8,2 kgm a 7.000 rpm, números muito semelhantes aos de motocicletas com motores de quatro cilindros, como a Honda Hornet. Para garantir maior aproveitamento no desempenho, uma injeção eletrônica de última geração e a tecnologia de aceleração eletrônica “ride by wire” conferem ótimas retomadas.



As linhas dessa nova máquina italiana não seguem nenhuma tendência, pelo contrário. Seu estilo é moderno e seus traços lembram muito o da irmã, também recém-lançada, Aprilia 850 Mana. Com um pouco de criatividade pode-se notar certa inspiração esportiva do conjunto. Porém, não há como negar, a 750 Shiver é uma naked “puro-sangue”. Na dianteira, chama a atenção o grupo ótico saltado para frente, que deu um ar agressivo ao desenho. Na traseira, rabeta curta com lanterna de leds e piscas que lembram a ponta de uma flecha são os destaques.

Graças ao seu desempenho e ao assento largo e baixo (810 mm do solo), o conforto fica garantido ao piloto durante viagens ou mesmo no trânsito urbano. O painel, apesar de simples, tem visualização fácil, com velocímetro analógico no centro e um pequeno mostrador digital responsável por informações como hodômetro total e parcial e relógio, além de alertas básicos do funcionamento do motor e parte elétrica.

Com a tecnologia das motos de corrida embarcada no projeto, o quadro da Shiver é em treliça, feito em alumínio, e oferece ótima resistência a torções. Combinado ao conjunto de suspensões, a fabricante italiana garante boa estabilidade e equilíbrio na condução da Shiver.

equipe:motosBR

Deixe um comentário

Arquivado em APRILIA