Arquivo da tag: Cafe Racer

Benelli Café Racer 1130


Benelli Café Racer 1130

benellicaferacer1130-1

Fundada na Itália, mas atualmente controlada pelo grupo chinês Qianjiang, a Benelli é representada no Brasil pelo Grupo Izzo.

As motos ainda fabricadas em Pesaro, no país da bota, e têm como marca registrada o design inusitado e os motores de três cilindros em linha. Com a Café Racer não é diferente. Do conjunto óptico dianteiro à grande ponteira única de escape, o modelo surpreende por suas linhas ousadas e diferentes de tudo que já se viu.

benellicaferacer1130-2

A inspiração café racer aparece nos dois semiguidões de alumínio, que têm os retrovisores montados na extremidade, e também no banco monoposto. Antes de acelerar a Café Racer 1130, vale analisar as linhas que parecem saídas de um filme de ficção científica.

O conjunto óptico é dominado pelos faróis e traz uma pequena cobertura para desviar o vento frontal. Na lateral, destacam-se as aletas que trazem embutidos os piscas e dois ventiladores do sistema de refrigeração líquida.

benellicaferacer1130-3

O quadro de aço em treliça envolve o motor. E a traseira dessa Benelli termina em duas luzes de freio, uma de cada lado da grande e única ponteira de escape.benelli-cafe-racer2 Outra peça que chama a atenção é a mesa que sustenta os dois semiguidões.

Para destacar a época de ouro do motociclismo britânico, a Café Racer está disponível apenas na cor dourada. Depois de admirar o desenho inusitado, é hora de acordar o motor de arquitetura também diferenciada. São três cilindros paralelos, como nas inglesas Triumph, quatro válvulas por cilindro e duplo eixo de comando no cabeçote (DOHC) com refrigeração líquida.

benellicaferacer1130-41

Ficha Técnica:

Motor: 1.130 cm³, três cilindros em linha, quatro válvulas por cilindros, DOHC com refrigeração líquida.

Diâmetro e curso: 88×62 mm.

Taxa de compressão: 11,2:1.

Potência: 137 cv a 9.500 rpm.

Torque: 11,2 kgfm a 7.750 rpm.

Alimentação: Injeção eletrônica com três corpos de aceleração de 53 mm de diâmetro.

Transmissão: Embreagem em banho de óleo, com câmbio de seis marchas e transmissão final por corrente.

Ciclística: Quadro de aço em treliça desmontável com sub-quadro em liga de alumínio.

Suspensão: Dianteira por garfo telescópico invertido com bengalas de 43 mm de diâmetro, totalmente ajustável, com curso de 120 mm. Traseira por balança em treliça monoamortecida, totalmente ajustável com curso de 120 mm.

Freios: Dois discos de 320 mm de diâmetro com pinça de quatro pistões na dianteira. Disco simples de 240 mm de diâmetro e pinça de dois pistões na traseira.

Pneus: Dunlop Sportmax 120/70-ZR17 na dianteira e 190/50-ZR17 na traseira.

Dimensões: 2.128 mm de comprimento; 750 mm de largura; 1.050 mm de altura; 820 mm de altura do assento; 1443 mm de entre-eixos.

Peso: 208 kg a seco.

Tanque: 16 litros.

Preço: R$ 68.900.

benellicaferacer1130-5

Fonte: Infomoto

equipe:MotosBR

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em BENELLI

BUELL 1125CR Café Racer


A Buell apresentou a  nova integrante de sua linha 2009, a 1125CR Café Racer.

buell-1125cr-09

Desenvolvido pela Rotax, o motor Helicon é bem diferente do Thunderstorm herdado da Harley Sportster, que equipa os outros modelos da marca. Este V2 possui refrigeração líquida, que ajuda controlar melhor a temperatura (nas outras o motor é refrigerado por ar e óleo), e também duplo comando de válvulas no cabeçote ao invés do comando por varetas, partindo do bloco como no motor fabricado pela Harley. A alimentação é feita por injeção eletrônica.

Para eliminar a vibração do V2 Helicon de origem austríaca, aliás a arquitetura com dois cilindros em V é a única semelhança com o propulsor Harley, foram utilizados três eixos balanceiros (contrapesos que giram no sentido oposto ao do virabrequim e ajudam a conter a vibração). A adição deste peso extra não comprometeu o desempenho. O resultado é revelado pela potência máxima de 146 cv a 9.800 rpm e torque de 11,3 kgf.m a 8.000 rpm. Para se ter uma idéia do salto, a Buell Fibebolt, que utiliza o motor americano, desenvolve 103 cv de potência a 6.800 rpm..

“Metade superbike, metade streetfighter. Esta moto é a minha visão de uma Café Racer do século XXI”, afirmou Erik Buell, presidente da empresa que leva seu sobrenome.

buell-1125cr-09-3

Com peso aproximado de 169 quilos, tanque de combustível para 12 litros, disco de freio dianteiro com cáliper de oito pistões e disponível nas cores vermelho e preto, a máquina de visual arrojado chega às lojas norte-americanas ao preço público sugerido de U$ 11.695, pouco mais de R$ 18 mil. Por aqui podemos aguardar algo em torno dos R$ 52.000,00.

2 Comentários

Arquivado em BUELL