Yamaha XJ6F – 2011


 

 

     Chega às concessionárias, a versão “F”, que custa R$ 4.000 a mais com a mesma mecânica da naked

      Mostrando que o segmento de motos de 600 cc é realmente a bola da vez do mercado brasileiro de motocicletas, chega às concessionárias Yamaha neste mês a XJ6F, versão com carenagem integral da naked XJ6. Com preço sugerido de R$ 31.720 (contra os R$ 27.500 da XJ6N), a versão F traz ainda cavalete central como item de série e promete conforto para se viajar.

     Afinal, a carenagem proporciona proteção aerodinâmica para encarar a estrada, desviando o vento em alta velocidade e “cansando” menos o piloto. Além de ter o apelo estético, já que confere um ar mais esportivo à média cilindrada da marca japonesa. Porém por baixo da roupagem, a XJ6F tem exatamente a mesma base mecânica de sua irmã naked.

     Quadro tubular em aço e o motor de quatro cilindros em linha, duplo comando no cabeçote (DOHC), 16 válvulas, e arrefecimento líquido. Projetado para oferecer força em baixos e médios regimes, tem uma curva de torque bem plana que atinge seu máximo, 6,1 kgf.m, a 8.500 giros.  Feito para ser amigável e não esportivo, o propulsor produz 77,5 cv de potência máxima a 10.000 rpm.

Fácil de pilotar
     A proposta da linha XJ6 é ser uma moto fácil de pilotar e acessível. Seu motor é “comportado”, mas sem ser lento. Oferece um desempenho adequado e previsível para quem está começando nas motos maiores. Na versão “F”, voltada para os motociclistas que buscam um modelo também para viagens, o motor consegue manter velocidade de cruzeiro – 120 km/h – sem dificuldade e também sem muitas vibrações. Um ponto positivo para o mototurismo.

     Seus freios não são “esportivos”, ou seja, não assustam ao piloto. Com disco duplo, na dianteira, e simples, na traseira, o sistema oferece frenagens eficientes e de acordo com a proposta da moto. O desenho do banco em dois níveis garante conforto para piloto e garupa. Com assento a 78,5 cm do solo, é fácil manobrá-la e o motociclista fica bem posicionado também em função do guidão plano e ergonômico. Outro detalhe importante é que se pode ajustar o guidão em duas posições – um pouco mais a frente para os mais altos. Em conjunto com a carenagem integral, basta abastecer o tanque de 17,3 litros – que deve oferecer uma autonomia razoável – e pegar a estrada.

    Um ponto negativo, levando-se em conta sua proposta, é a ausência de um bagageiro na moto. Para levar a bagagem, o motociclista terá que investir em um bagageiro e baú, ou alforjes laterais. A Yamaha ainda não disponibiliza a linha de acessórios originais, porém há diversas opções de boa qualidade no mercado nacional.

Vale a pena?
     O motociclista que escolher a Yamaha XJ6F em vez da naked vai levar a carenagem integral e cavalete central para casa, mas vai deixar mais dinheiro na concessionária. A nova XJ6F tem preço sugerido de R$ 31.720, exatos R$ 4.220 mais cara que a XJ6N. Além de ser cerca de 10 kg mais pesada (215 kg é o peso da XJ6F em ordem de
marcha).

     Quer saber se vale a pena pagar mais? Se você for prático a resposta é fácil: sim, se você for viajar bastante com a moto. Não, se você vai andar na cidade diariamente e, vez ou outra, viajar de moto. Mas como não é somente a praticidade que influencia a decisão de compra. Alguns podem preferir a F pelo seu porte, outros a naked pelo se visual minimalista. Por enquanto a Yamaha aposta mais na XJ6N. Segundo a fábrica, serão produzidas 200 unidades por mês da versão “pelada” e 100 da carenada.

3

O painel de instrumentos conta com conta-giros análogo e velocímetro digital, além de diversas funções e luzes espias, incluindo a luz indicativa do sistema imobilizador.

4

Suspensão traseira Monocross conta com sete regulagens. O chassi é do tipo diamante em tubos de aço com as dimensões e a geometria desenvolvidas para assegurar uma ótima maneabilidade.
5

O escapamento 4-2-1 é inovador terminando em uma pequena ponteira localizada sob o motor, onde está alojado o abafador e o catalisador. Concentração da massa e baixo centro de gravidade.

6

Farol facetado tipo diamante em policarbonato e lâmpada 55w/60w. Detalhe da luz de posição.

FICHA TÉCNICA XJ6F
MOTOR Quatro cilindros em linha, DOHC, 16 válvulas, quatro tempos, arrefecimento líquido
POTÊNCIA MÁXIMA 77,5 cv a 10.000 rpm
TORQUE MÁXIMO 6,1 kgf.m a 8,500 rpm
ALIMENTAÇÃO Injeção eletrônica de combustível
CAPACIDADE DO TANQUE 17,3 litros (3,4 de reserva)
CÂMBIO 6 marchas
TRANSMISSÃO FINAL Corrente
SUSPENSÃO DIANTEIRA Garfo telescópico convencional, com 130 mm de curso
SUSPENSÃO TRASEIRA Balança monoamortecida com 130 mm de curso
FREIO DIANTEIRO Disco duplo de 298 mm de diâmetro
FREIO TRASEIRO Disco de 245 mm de diâmetro
CHASSI Tubular em aço do tipo diamante
ALTURA DO ASSENTO 785 mm
ALTURA MÍNIMA DO SOLO 140 mm
DIMENSÕES (C X L X A) 2.120 mm x 770 mm x 1.185 mm
ENTRE-EIXOS 1.440 mm
PESO EM ORDEM DE MARCHA 215 kg
CORES preta e branca


ONDE COMPRAR

http://www.yamaha-motor.com.br/web/site/concessionaria.aspx

Equipe: MotosBR

Anúncios

23 Comentários

Arquivado em YAMAHA

23 Respostas para “Yamaha XJ6F – 2011

  1. Walter FALCONE

    Moto ideal para mim, que tenho 1,78m e 73 kg. Banco do garupa bem comfortável e alça para segurar tem boa ergonomia. Moto bem manobrável, parada; pois não a testei (aliasi não comprarei nova moto se não testá-la). O motor tem um bonito ronco de uma quatro cilindros. A carenagem a deixa vestida e mais bonita. Gostaria de saber se no trânsito da cidade o grau de aquecimento do motor incomoda a perna. Maior problema que me leva a não adquiri-la é a injustificável falta do ABS. Por outro lado os fabricantes estão esquecendo que tem quem goste de aro das rodas na cor prateada e hoje o que vemos é que só se está atendendo – calculo em 95% empiricamente – aqueles que gostam de roda preta. Será que não se deram conta deste pequeno detalhe estético. WBFalcone Jaraguá do Sul – SC em 18-03-11.

    • Toni

      Veja, eu tenho uma XJ6F desde Dezembro 2010, estou adorando (apaixonado mesmo), me atendeu em todos os sentidos.. tanto na cidade como na estrada e olha que a uso em SP com muito transito. Se pegar muito, muito transito de aproximadamente 2hrs, ira sentir um pouco do calor do motor, mas só se tiver até 30km/h, acima disso ja dispersa completamente e não da para sentir o calor. Qua
      nto a desempenho, tb é fantastica, coloca a Hornet no chinelo e digo isso de causa propria, pois tive a oportunidade de textar com um incistente hondero que se arrependeu de querer o pega rss.. Boa sorte..

  2. Estou comprando uma xj6f neste mês de maio/2011 fui influenciado pelos comentários que li a respeito da carenagem e apesar do preço mais alto prefiro o conforto, por isso estou apostando na xj6f e espero ter feito uma boa compra, que vocês acham?

    • ARQMOTO

      Blz jose .. vou te dizer que curto a beça essa moto, pena ainda não ter bolso pra ela … ótima escolha

    • puts cara e adorei a moto super confortavel , e agora to colocando nela escapes importadoss , power comando e filtros esportivos uqe aumentara em 13 a 16 cvalso na potencia do motor … abraços..

  3. sidinei

    pelo que pesquisei, gostei muito dessa moto, a yamaha é uma boa marca de motos média\alta cilindrada,,,, essa moto para ser perfeita, deveria alcançar no mínimo 230 km\h, e ter mais regulagens na suspenção para estradas como as do brasil (bastante buracoos),, tenho uma dúvida: ela só tem o cavalete central? ou tem o pésinho comum tambem???

    • ARQMOTO

      Blz Sidinei, também curto a xj6, e descobrimos que tem uma maneira de aumentar a potência da máquina, pode olhar pelo filtro de ar e vai ver que as borboletas nao estao 100% abertas, e isso é uma caracterista da XJ, pois em seu manual de serviço diz que o curso maximo é 90%, penso ser uma parte da limitação de sua potencia… um camarada conseguiu aumentar o curso das borboletas para 100% de abertura e no teste na estrada bateu 228kmh , portanto, sabe-se que qquer modificação implica na perda da garantia, bem como uma possivel diminuição na vida util do motor.

    • Toni

      Olá Sidnei, Tenho uma XJ6 F e tive a oportunidade de fazer uma trip com amigos acostumados a correr em pista e portanto me senti mais seguro para jogar potencia num retão com o grupo e tirei a mão quando ja passava de 240 km/h e ainda tinha curso… Acredito que deva chegar a 250/260 numa prova com punhos fortes, só não fiz por não curtir andar no extremo. Outro fato relevante foi a estabilidade, até 190 km/h não senti qualquer vibração e depois dessa viagem a moto ficou muito mais solta. bao sorte..

  4. GERALDO DONIZETE RIOS

    Gostaria de receber via email, o desenho interno do escapamento da YAMAHA XJ6, pois tenho a intenção de construir um para minha FAZER 250

  5. Leandro

    Ae galéra tenho uma Xj6-N e só ando as Domingueiras. Ela está com 4.700km e digo logo de cara que ela numa reta em estado original, não passa dos 220km. Já é o 23º Domingo que pego a Bandeirantes torcendo o punho e nada de passar dos 220. E outra observação, ela esta bebendo muito!!! Apesar de eu andar no mínimo 180km, ela esta fazendo em torno de 9 á 10km litro. Comparando com outra Xj e uma z750 que estão sempre andando comigo, quando a minha bate reserva tanto a xj quanto a z750,ainda tem 3 pauzinhos no marcador. Bom, fato que ela não passa dos 220 e gostaria de saber se mais algum proprietário da xj esta com esse problema de consumo excessivo!!!

  6. ROBSON

    galera, faz quase um mes que comprei minha xj6n, peguei ela com 7000km e ate agora o maximo que consegui tirar foi 221km de maxima, apesar de estar usando uma jaqueta de couro que mais parecia um para-quedas. estou apaixonado por ela e pq tb sou fã da YAMAHA. essa é a minha 29 moto em meus 41 anos e tive somente 4 honda ( cg por sinal). nao sou do tipo que gosto de fuçar para andar mais pois uma 600cc ja esta de bom tamanho para quem esta começando no mundo das 600cc. abraço a todos. FELIZ NATAL E PROSPERO ANO DE 2012.

  7. Laercio Bispi

    OLÁ! EU TENHO UMA XJ6-F E GOSTARIA DE DIZER QUE VIAJO TODOS OS FINS DE SEMANA COM A MINHA, A UMA DISTÂNCIA DE 270KM E ATE AGORA SÓ TROQUEI OS PNEUS, ELA NUNCA DEU PROBLEMA DE MECÂNICA. TEM UMA ESTABILIDADE FANTÁTISCA NA ESTRADA E NAS VIAS URBANAS. EM UMA DE MINHAS VIAGENS EU DEIXEI UMA HORNET PARA TRÁS, LITERALMENTE COMENTO POEIRA. UM ABRAÇO A TODOS QUE GOSTAM DA XJ6-F. EU AMO A MINHA!

  8. renato

    estou no consocio da xj6 f, ja estou doido pra viajar na minha.A moto é linda, macia, confortavel d+. fiz o teste drive em uma aqui em volta redonda e fiquei maluco, ja tinha andado em hornet mas gostei mais da xj6, ela e mais tranquila, suave, a posiçao de pilotagem e melhor ,embreagem macia, ela e tudo de bom.

  9. henrique

    boa tarde gostaria de saber se minha xj6 tem como ander mais pois ela so da 250 tem como eu almentar mais a potencia dela obg

    • Ivan Rodrigues da Silva

      Henrique, deixe a moto como ela está. Aumentando a potência, vc acabará pagando mais, pelo alto consumo e, cá para nós, andando forte, para testar a moto, numa viagem para a Bahia, cheguei a 210 Km/h. No máximo só andei a 120/140/160 Km/h e, gastei 12 hs de Porto Seguro a Belo Horizonte. Como rodar direto a 210, 240 ou 300 Km/h? O importante é que, precisando, ela chega lá. E,como chega…Fantástica!

      • MAURO

        MAURO DE BARRETOS ACABEI DE COPRAR UMA ESTOU EM DECISO NA COR OU CARENADA POIS BEM QUE A MINHA ESCOLHA POSSA ME AGRADAR AGORA E NO FUTURO ESCOLHI A BRANCA NAO TEM PRA NINGUEM MAS ESTOU ESTUDANDO COMPRAR UMA BRANCA XJ 6 F

  10. João Tarcisio Fráguas

    Comprei uma XJ6F 2012 e estou gostando muito da moto. Confortável para viagens, só falta um bagageiro.

  11. luiz

    kkkk. Tem cada fanfarrão aqui hem??? Xj6 deixando uma hornet pata trás??? Só se for um iniciante que a esteja pilotando, e receoso não acelerou…Não existe, a hornet tem muito mais potência, é muito mais veloz!

    • Alex

      Luiz todas as xj6 tem uma arrancada melhor do que o da hornet, isso é uma característica do motor por ser mais linear, e o torque máximo ser quase idêntico o da hornet, a vantagem e que ele chega na casa dos 8 mil e o da hornet só aos 10.depois de uma certa velocidade com certeza a hornet vai passar a xj6.
      Blz

  12. marcio

    tnho uma xj6f sem comentarios uma moto exelente stou muito contente. eu quase comprei uma hornet mas depois de andar em uma xj nossssa sem comparaçao em tudo

  13. Nelci

    Comprei uma XJ6F e andando na cidade ela aquece muito, quase queima as pernas. Seria algum problema de manutencao? Alguem poderia de responder? O maecador passa de 102c.
    Obrigada! Nelci

  14. Leonardo

    Normal essa temperatura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s