Bimota DB7 Oronero


bimota-oro-09md-4

No Salão de Milão a Bimota apresentou uma DB7 muito especial, a Oronero. Este modelo destaca-se pela utilização massiva de fibra de carbono, o “ouro negro” que dá nome ao modelo, volume ao preço e leveza à estrutura.

Com uma grande parte dos seu elementos realizados neste material, que inclui a zona superior do quadro e sub-quadro, esta Bimota DB7 pesa menos seis quilos que o modelo base, conseguindo atingir os 164 kg.

Tendo uma potência de 164 cv, com a utilização do motor bicilíndrico da Ducati 1098, o modelo apresenta uma relação de peso potência de 1:1.

Além destas qualidades, a DB7 Oronero está equipada com uma elaborada eletrônica que, com uma instrumentação GET, permite monitorizar um sem número de dados da mecânica.

Ainda inclui um sistema de GPS integrado que dá ao piloto a possibilidade de descarregar as trajetórias e velocidades de passagem em cada ponto.
bimota-oro-09md-2
Mas esta maravilha não é acessível a todos, estando disponível na Itália por 40.000 euros.

No Brasil, a DB7 deve desembarcar no segundo semestre 2009, mas ainda sem preço definido de comercialização, mas o valor deverá ficar na casa dos R$ 180 mil.

Na frente chama a atenção o grupo óptico, com duas lâmpadas sobrepostas e retrovisores que seguem a linha esportiva, com piscas acoplados. Um amortecedor de direção instalado no guidão deixa a pilotagem mais segura e eficiente em altas velocidades. Outro destaque está na rabeta, que tem o sub-quadro confeccionado em fibra de carbono estrutural.

bimota-oro-09md-3

O tanque de combustível tem capacidade para 16 litros. O peso a seco do modelo, de 164 kg, também agrada e contribui para a agilidade do conjunto.

Boa de curva e ágil nas retas, o modelo causou boa impressão à imprensa especializada pela facilidade de condução. O painel digital conta com computador de bordo para as medições de funcionamento dos principais componentes da parte mecânica, ciclística e elétrica, além de ter boa visualização.

Câmbio de seis velocidades com a transmissão final feita por corrente e escapes 2 em 1, equipados com catalisador, completam o conjunto mecânico. A DB7 usa um quadro em treliça, tradicional da Bimota. Um dos destaques, neste sentido, está na balança traseira, arquitetada com esta mesma tecnologia.

DB7 'Oronero'

As suspensões são totalmente ajustáveis e incorporam alta tecnologia desenvolvida para as pistas de corrida. Na frente o sistema usa um garfo invertido da Marzocchi com tubos de 43 mm de diâmetro e curso de 120 mm. Atrás a suspensão é monochoque também com curso de 120 mm. Os freios são da Brembo, de disco duplo com 320 mm na dianteira, e simples de 230 mm na traseira. As rodas são de liga de alumínio forjado, com 17 polegadas de diâmetro calçadas com pneus Continental Race Attack.

bimota-oro-09md-6

equipe: motobr

Um comentário sobre “Bimota DB7 Oronero

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s