Arquivo da categoria: MOTO GUZZI

Motos Moto Guzzi

Medaza ganha prêmio de customização na Alemanha !!!


img65146-1368626322-v580x435      Conhecida na Europa por produzir motos com propostas audaciosas e de estilo único, a customizadora irlandesa Medaza acabou ganhando um prêmio de maior destaque da categoria estilo livre no campeonato AMD World Custom Bike Building, em Essen, na Alemanha, premiação considerada uma espécie de Oscar do mundo da customização, pelo trabalho desenvolvido na moto Rondine.

img65145-1368626322-v580x435      A Rondine é uma máquina impressionante criada com base em um modelo clássico da italiana Moto Guzzi dos anos 1970 com motor monocilíndrico de 500cc Nuovo Falcone, quadro de alumínio e um diferenciado garfo com sistema de braço oscilante.

img65147-1368626322-v580x435

     Assinam o projeto da Rondine os customizadores Don Cronin and Michael O’Shea, que a partir de agora desfrutam de maior reconhecimento e fama. Certamente os projetos da dupla irlandesa da Medaza ficarão ainda mais exclusivos, audaciosos e caros.

Por: Aladim Lopes Gonçalves  –  Fonte: MOTO.com.br

img65144-1368626321-v580x435

Equipe: MotosBR

1 comentário

Arquivado em MOTO GUZZI, MOTOS, NOTÍCIAS

Aprilia e Moto Guzzi apresentam novos modelos em Monte Carlo !!!


Image

 

     Apresentada pela primeira vez aos importadores do grupo Piaggio numa reunião em Monte Carlo, a Aprilia desvendou as formas da nova Caponord – também referida durante algum tempo como a Tuareg.
     Claramente baseada na plataforma da já conhecida Dorsoduro 1200, a nova Caponord utiliza a cada vez mais reconhecida “cara” da família Aprilia, onde se destaca o frontal inspirado na esportiva RSV4, e que é utilizado numa variedade de modelos da marca italiana, começando na pequena RS4 50, na RS4 125 e mais recentemente pela maxiscooter SRV850.

Image

     Os rumores apontam para que esta versão da Caponord esteja diretamente apontada para enfrentar a Ducati Multistrada e, por essa razão, a unidade motriz escolhida pela Aprilia será retirada da Dorsoduro 1200, um bicilíndrico em V com 130 cv de potência. No entanto, não será de estranhar que uma versão da Caponord com o motor da Dorsoduro 750 chegue as concessionárias um pouco depois da versão 1200 cc que estará incluída como modelo da linha Aprilia para 2013.

     Apesar de enfrentar uma forte concorrência no segmento das maxitrail, a Aprilia deverá destacar a nova Caponord 1200 pelo pacote de eletrônica em vez de lutar na ficha técnica pelo menor peso ou maior potência.

Image

    

     De Monte Carlo surgiu a hipótese da marca italiana disponibilizar a Caponord 1200 com uma sistema de suspensão ativa – algo que a BMW apresentou na última edição do Innovation Day, ou ainda, transplantar o pacote de eletrônica utilizado na RSV4 ou na Tuono V4R, o aclamado APRC.
     Além de mostrar a nova Aprilia Caponord 1200, o grupo Piaggio voltou a mostrar aquela que será a nova Moto Guzzi California 1400 (foto abaixo).
     Até agora pensava-se que esta nova California iria utilizar um novo motor VTwin 1.400 cc refrigerado por líquido mas, das imagens que conseguimos obter, a refrigeração por líquido não está ainda confirmada.

fonte: http://www.motociclismo.pt

 

Image

 

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em APRILIA, MOTO GUZZI, NOTÍCIAS

Novidades das Marcas italianas para 2012 !!!


 

Image

     Moto Guzzi concept V12 Strada

     Ao que tudo indica, o inicio de 2012 está sendo bastante “quente” para alguns fabricantes italianos, nomeadamente a Ducati, a Moto Guzzi e a MV Agusta. Nem mesmo o clima de muita incerteza política e económica mundial, impedem os rumores de saírem para fora das fronteiras italianas.

     O último conjunto de rumores demonstra que as três marcas apresentem algumas novidades dentro em breve.

Ducati-banner

     Quanto à Ducati, não será preciso ser um “gênio” ou um adivinho para perceber que após o lançamento da muito aguardada 1199 Panigale, a marca irá desenvolver a linha Panigale nas cilindradas mais baixas. Mais concretamente, a novidade pode passar por uma 799 Panigale.

     Apesar da sua potência declarada ser uns assombrosos 195 cv e da sua arquitetura inspirada na competição ser demasiado radical, existem poucas razões para acreditar que a Ducati não tem nos seus planos um modelo que servirá para substituir a supersport 848.

     Com o desaparecimento da linha 1198, a 848 permanece na linha Ducati em 2012 como o modelo “estranho” de Borgo Panigale. Um modelo que a substitua e que seja baseado na 1199 Panigale vai simplificar a produção na fábrica, pois muitos dos componentes poderiam ser utilizados nas duas motos.

     Este último pacote de rumores sobre uma possível “mini-Panigale”, refere ainda que o motor Superquadro terá uma cilindrada mais baixa do que o atual Testastretta 11º instalado na 848Evo. Com 750 cc disponibilizará menos potência do que os 140 cv da 848 mas, ficando-se entre os 120 e 130 cv, estará dentro do necessário para ser uma moto competitiva no segmento supersport, especialmente quando juntamos à equação todo o torque que um bicilíndrico disponibiliza.

 

146-1103-01-o moto-guzzi-logo

     Relativamente à Moto Guzzi, as notícias mais recentes apontam para a produção da concept V12 Strada, apresentada ao mundo pela primeira vez em 2009 (acompanhada pelas versões X e Le Mans). Durante dois anos ninguém ouviu falar nada sobre as ideias que a Moto Guzzi teria sobre estes conceitos idealizados por Pierre Terblanche mas, agora, parece que tudo se modificou.

     De acordo com algumas fontes não identificadas, o grupo Piaggio, que é proprietário da Moto Guzzi, pediu o registro do nome “Moto Guzzi Strada”. Esta não seria a primeira vez que uma Guzzi utilizaria o nome Strada e, por essa razão isto não significa que a V12 Strada chegue a produção. No momento parece certo que qualquer nova Moto Guzzi venha a ser fabricada com o novo motor V2 de 1400 cc refrigerado por líquido.

     Este novo motor já se encontra na lista de “coisas a fazer” da Piaggio há cinco anos e, encaixando com perfeição no conceito representado pela V12 Strada, será a primeira tentativa de dotar a linha Moto Guzzi de um motor verdadeiramente moderno.

 

20100809_mvlogo

     Por último… a MV Agusta. A casa de Varese que continua nas mãos da família Castiglioni, decidiu também registrar um nome só para si: “Rivale”.

     Este nome não dá nenhuma dica sobre em qual tipo de moto a MV poderá utilizar, mas, dentro dos vários projetos que a MV Agusta tem no seu departamento de pesquisa e desenvolvimento, é quase uma inevitabilidade que, dentro de muito em breve uma versão supermoto da F3 será apresentada.

     De acordo com o designer responsável pela criação das F3 e F3 Brutale, Adrian Morton, o aspeto da nova supermoto que irá competir num segmento quase exclusivo à Ducati Hypermotard, já está finalizado e a sua apresentação está prevista para os grandes salões dedicados às motos, Colônia e Milão, sendo comercializada a partir de 2013.

Texto: Bruno Gomes  –  http://www.motociclismo.pt

 

2012-ducati-1199-panigale-12

Ducati 1199 Panigale – 2012

 

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em DUCATI, MOTO GUZZI, MVAGUSTA, NOTÍCIAS

6º Giornate Mondiali Guzzi – 90 anos da Moto Guzzi


     motoguzzi_1

     Entre 16 e 18 de setembro acontece a sexta “Giornate Mondiali Guzzi” (traduzindo, Jornada Mundial Guzzi), em comemoração ao aniversário de 90 anos de uma das marcas italianas de motocicletas mais tradicionais do mundo. Nestes três dias de festas, os “guzzistas” participarão de inúmeras atividades como, por exemplo, shows musicais, visitação à linha de produção, exposição de modelos clássicos e test-ride.

Além disso, a Moto Guzzi promete ainda lançar um novo modelo desenvolvido e criado na fábrica em Mandello del Lario, local do evento, que fica na região Noroeste da Itália. Segundo a marca, a nova moto entrará para a história do motociclismo mundial, já que será equipada com o que há de mais moderno em termos de tecnologia embarcada.

É dessa forma, dando novos rumos para sua trajetória de sucesso que a Moto Guzzi, que desde dezembro de 2004 pertence ao Grupo Piaggio, se prepara para o futuro. Mas sem deixar de lado seu passado de glórias, principalmente as vitórias nas pistas, e os motores de dois cilindros em “V” posicionados transversalmente, com os cabeçotes à mostra, uma espécie de assinatura em metal das motos feitas em Mandello del Lario.

 

motoguzzi_2

 

     Fundada em 15 de março de 1921, a “Società Anonima Moto Guzzi” (Ou seja, Moto Guzzi Sociedade Anônima), além de atuar em outras atividades industriais, tinha como objetivo iniciar a produção e a venda de motocicletas. A sede administrativa ficava em Genova e a produção em Mandello Tonzanico. Anos mais tarde a fábrica foi instalada em Mandello del Lario, pequena comunidade próximo ao Lago de Como.

     Nesses primeiros passos se destacam a ousadia e o arrojo de Emanuele Vittorio Parodi e seu filho Giorgio, além de Carlo Guzzi. Para homenagear o amigo e piloto Brescia Giovanni Ravelli, da Força Aérea Real, que morreu durante um vôo-teste, os sócios fundadores resolveram usar como símbolo da nova marca de motocicletas uma águia com asas abertas. Assim nasceu o primeiro logotipo da Guzzi. O pássaro permanece até hoje, como fosse um símbolo de liberdade.

 

motoguzzi_3

 

Inovações e conquistas
     Hoje, a história da Moto Guzzi se funde com a da pacata Mandello del Lario. A fábrica faz parte da vida social e cultural daqueles italianos da região da Lombardia da “Vecchia Botta”. Desde o início das operações, a Moto Guzzi sempre marcou presença na história da motocicleta. Depois de alguns protótipos, a Moto Guzzi passou a produzir a econômica Normale, capaz de gerar 8 cv de potência máxima e alcançar uma velocidade de 80 km/h. Nada mal para os anos 20.

     Em 1927, a fábrica tinha 300 operários que participaram da construção da GT Norge 500, que rodou no Círculo Polar Ártico. Não podemos esquecer dos modelos históricos: Airone 250 (1939), Guzzino 65 (1946) e Cardellino – que por mais de dez anos foi o modelo mais vendido na Europa, que junto com Galletto (1950) e Lodola 175 (1956), contribuíram para dar maior mobilidade aos italianos no período pós-guerra.

 

motoguzzi_5

 

     A trajetória da Moto Guzzi também é marcada pelo pioneirismo e muitas conquistas nas provas de motovelocidade. A marca foi a primeira na indústria italiana a usar um túnel de vento na desenvolvimento de seus produtos. Isso em 1950. O local ainda pode ser visitado pelos turistas amantes da velocidade sobre duas rodas.

     No corpo técnico de competição três nomes devem ser sempre lembrados: Umberto Todero, Cantoni Enrico e Giulio Cesare Carcano, este último considerado o pai do motor de oito cilindros que, em 1954, alcançou incríveis 285 km/hora (em 1954). Nas pistas, entre 1935 e 1957, a Moto Guzzi conquistou 14 títulos mundiais de velocidade e 11 vitórias na Tourist Trophy, realizado até hoje na Ilha de Man, na Grã Bretanha.

 

motoguzzi_6

 

Da California V7 até a Stelvio 1200 NTX
     Nos anos 60, Dingo Stornello dá vida ao motor V-Twin, a 90º, de 700cc e equipado com transmissão final por eixo-cardã. Desta singular família de propulsores nasceram as lendárias V7 Especial, V7 Sport e Le Mans California. Esta arquitetura de motorização foi se adaptando e aumentando sua capacidade cúbica e potência com o decorrer das décadas. Nesta constante evolução chegamos aos modelos V7 Racer, Stelvio 1200 8V e Norge GT8V, que serão as grandes protagonistas da sexta edição da “Giornate Mondiali Guzzi”.

 

motoguzzi_4

 

     Hoje, a Moto Guzzi fabrica motos em quatro categorias: nakeds, custom, big trails e racing com motores que vão de 744 cm³ até 1200 cm³. Os últimos lançamentos da marca foram a Stelvio 1200 8V e a Stelvio 1200 NTX, ambas com sistema de freios ABS de série. Será que a marca irá começar a fabricar a California vestida de branco e a versão Scrambler da V7, modelos que foram apresentados como protótipos na última convenção de concessionários, evento realizado no início do ano, em Monte Carlos? Agora só nos resta esperar setembro chegar para ver as outras novidades da “La casa dell´Aquila” (A casa da águia).

Por Aldo Tizzani  -  www.moto.com.br

Fotos: Divulgação   -   Fonte:Agência Infomoto

 

motoguzzi_7

 

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em HISTÓRIA, MOTO GUZZI

Moto Guzzi Sport "Corsa" 1200


moto-guzzi-uk-unveils-1200-sport-corsa-edition-medium_1

     A Moto Guzzi lançou uma edição especial da sua big naked 1200 Sport chamada 1200 Sport Corsa. Essa edição especial pode ser identificada pela pintura exclusiva em vermelho, branco e dourado. Em tom dourado também foram feitos detalhes como o centro dos discos e as pinças de freio, a moto ganhou um banco em dois tons.

 

moto-guzzi-sport-corsa-2

 

Suspensões multi-ajustáveis Marzocchi e rodas da grife italiana Marchesini também foram adicionadas ao conjunto. O propulsor da 1200 Sport continuou inalterado, é o motor V2 transversal de 1151 cc que gera 102 cv a 7000 rpm e 10,6 kgfm de torque. Esse motor é o mesmo que é utilizado que equipa a Stelvio NTX e Norge GT.

Moto-Guzzi-1200-Sport-Corsa-UK-Edition-Red-Color

 

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em MOTO GUZZI

Moto Guzzi Califórnia e V7 Scrambler para 2012 !!!


Image

Moto Guzzi California

     Há pouco entramos em 2011 e já há muitos rumores sobre diversos protótipos a serem desenvolvidos para 2012. É o caso da Moto Guzzi que, fazendo parte do poderoso Grupo Piaggio, acaba de apresentar as novas versões da Califórnia e da V7 Scrambler.

     O protótipo da Califórnia que foi apresentado durante uma reunião do Grupo Piaggio, continua apostando no conforto e no seu estilo característico. O novo design realça ainda mais a arquitetura do novo motor, com o tanque da combustível e as novas tampas das válvulas se destacando , ajudando a criar um novo elemento de beleza na Califórnia.

Image

Moto Guzzi V7 Scrambler

    

     Mas a grande novidade apresentada neste protótipo foi mesmo o novo motor, pois este modelo terá uma unidade V-Twin de 1400 cc, com os cilindros colocados transversalmente e com um ângulo de 90º. Ainda não foram divulgados quaisquer números relativos a potência ou torque mas, esta novíssima aposta é totalmente fabricada dentro do Grupo Piaggio e pelo que podemos ver na imagem divulgada, parece contar com sistema de refrigeração líquida pois a área mais escura atrás da roda dianteira aparenta ser um radiador de generosas dimensões (ainda por confirmar). Rodas, freios e suspensões foram também totalmente redesenhados para este novo modelo.

Image

     Quanto à V7 Scrambler apenas foi divulgado que terá um motor de 750 cc e que, as rodas de raios cromados irão contar com pneus de características esportivas. Quanto ao design, o destaque vai para os dois silenciadores colocados em posição elevada.

     Ainda não se sabe ao certo quando estes modelos serão apresentados nas suas versões finais mas, após esta apresentação dos protótipos, ficaremos a conhecendo melhor a nova Califórnia e V7 Scrambler na EICMA 2011 .

fonte: http://www.motociclismo.pt

 

Equipe:MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em MOTO GUZZI

Moto Guzzi anuncia produção da V7 Clubman Café Racer em 2010


Como acontece muitas vezes em outras coisas, o que era antigo passa a ser novo outra vez.

É o caso da V7 Clubman, uma proposta que vê a sua presença estar praticamente confirmada no Salão de Milão – EICMA em Novembro, sendo a mais recente proposta da Moto Guzzi bem ao estilo das café racer de outros tempos.

 

Image

 

Baseada na V7 Classic que atualmente faz parte da linha que a Moto Guzzi tem disponível, a Clubman contará com alguns elementos que a farão sobressair. Será monolugar, com placas decorativas em ambos os lados da parte de trás do assento a combinarem com a pequen bolha frontal.

O tanque de combustível polido será outra peça em destaque, e o toque final serão os escapes Arrow que, para além o visual, irão contribuir com uma sonoridade bastante apelativa.

A V7 Clubman estará muito perto de se tornar uma realidade, pois a Moto Guzzi deverá começar a sua produção em Outubro, fazendo a apresentação do modelo em Milão no mês seguinte.

 

Image

 

Esta versão especial deverá ter um acréscimo no seu preço em relação à versão Classic, embora o valor concreto apenas se saiba mais perto da data da sua apresentação.

fonte: http://www.motociclismo.pt

equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em MOTO GUZZI, NOTÍCIAS