Arquivo da categoria: ESPORTE

Mundial de MotoGP poderá voltar ao Brasil !!!


 

DCP8558

O representante brasileiro no Mundial de MotoGP Eric Granado

     Uma negociação da Confederação Brasileira de Motociclismo pretende trazer novamente ao Brasil uma das etapas do mundial de MotoGP, que conta com pilotos campeões como o italiano Valentino Rossi e o espanhol Dani Pedrosa. O último GP internacional realizado em território canarinho foi realizado em 2004, na cidade do Rio Janeiro, e teve como vencedor o japonês Makoto Tamada (Honda). Já o piloto brasileiro Alex Barros (Honda) ficou com a quinta colocação.

     O Brasil abriga hoje dois grandes campeonatos de motovelocidade: o Superbike Series Brasil, (projeto do piloto paulista Bruno Corano), semelhante a MotoGP em modalidade e exatamente igual ao Mundial de Superbike se tratando de categorias, modelos e tipos de motos; e o Moto 1000 GP, que também segue a mesma linha do Superbike, com disputa de 600 cm³ e 1.000 cm³.

     A motovelocidade está ganhando cada vez mais popularidade entre os brasileiros, tanto que no último domingo (24), o Autódromo de Interlagos, em São Paulo, recebeu cerca de 20 mil torcedores . Um dos representantes do Brasil na motovelocidade é o campeão paulista Eric Granado, de apenas 16 anos. Ele fez sua estreia na categoria Moto 2 da MotoGP, no circuito de Silverstone, em julho deste ano. Apesar de ter terminado na última posição, Granado cumpriu o objetivo de terminar a corrida.

Por: Danilo Alves  –   http://www.bestriders.com.br/

 

eric-granado

 

Equipe: MotosBR

1 comentário

Arquivado em ESPORTE, NOTÍCIAS

Morre o piloto catarinense de motocross João “Marronzinho” !!!


     O piloto catarinense de motocross João Paulino, conhecido como Marronzinho, 29 anos, morreu na manhã desta terça-feira, dia 26 de junho, durante os treinamentos que realizava em São José, Florianópolis.

     Marronzinho treinava na pista do Bairro Potecas, onde o acidente aconteceu e se preparava para a quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que será disputada na cidade de Sorriso, Mato Grosso no próximo final de semana.

     Em nota oficial, a Equipe Honda Racing lamentou a morte do piloto, que atualmente competia pela Yamaha, mas que já representou a Equipe Honda nos anos de 2010 e 2011 quando foi campeão da Super Liga Brasil de Motocross em 2010.

     O piloto foi um dos nomes mais expressivos do motocross no país, conquistou o tricampeonato brasileiro e atualmente disputava provas na Superliga de Motocross e no Brasileiro de Motocross, ambos na categoria MX1.

Foto: Divulgação  –  Fonte:Equipe MOTO.com.br

02Marrom%20Luiz%20Pires%20VIPCOMM

Equipe: MotosBR

1 comentário

Arquivado em ESPORTE, NOTÍCIAS

MotoGP: Stoner anuncia abandono ao final de 2012 !!!


 

Image

     A revelação cai que nem uma verdadeira bomba no paddock de MotoGP: Casey Stoner acaba de anunciar que irá abandonar a competição no final da atual temporada, anúncio feito em direto na conferência de imprensa que antecipa o GP de Le Mans este fim de semana.

     O primeiro indício de que Stoner poderia mesmo abandonar no final de 2012 foi dado por jornalistas espanhóis, ainda antes do GP de Portugal, mas aquela altura, Stoner apontou o dedo ao jornalista dizendo que essa teoria não passava de rumor infundado. 15 dias depois, a situação acaba se confirmando e, o departamento de competição da Honda, a HRC, já tinha adiantado em comunicado que “Casey Stoner acaba de anunciar que 2012 será o seu último ano em MotoGP. Esperamos que seja um ano fantástico”.

     Logo em seguida, o próprio Casey Stoner confirmou as palavras da HRC. “Depois de tantos anos a competir e a amar este esporte, com todos os sacrifícios que tive de fazer, principalmente com a minha família, já não tenho mais paixão para continuar a minha carreira e acho que é melhor parar. Existiram muitas coisas que me desapontaram, e outras que me fizeram amar este esporte, mas infelizmente a balança pesou para o lado errado. Por isso, não irei continuar. Seria bom se pudesse dizer que iria continuar por mais um ano, mas então, onde é que isto irá parar? Por isso decidimos terminar tudo como está agora”.

     Na mesma conferência de imprensa, Valentino Rossi e Jorge Lorenzo afirmaram que esta decisão será uma grande perda para o MotoGP e, Rossi aproveitou a ocasião para reafirmar que irá continuar a competir por mais dois anos… o que já dá para “criar” alguns cenários para 2013. A Honda está imensamente grata a Casey Stoner pela conquista do título em 2011, título que escapavou da marca muitos anos. Agora, e com todos os contratos dos melhores pilotos expirando esta temporada, e sendo quase certo que Dani Pedrosa irá manter o seu lugar na equipa Repsol Honda, quem vai pilotar a moto até agora de Stoner?

     Lorenzo é um dos alvos que se fala no paddock de Le Mans, pois o espanhol é visto com muitos bons olhos pela direção da HRC. Se estão pensando em outra estrela espanhola que atualmente milita nas Moto2, Marc Marquez, então esse cenário pode ficar de parte neste momento. Devido à regra que proíbe os “rookies” de se estrearem em MotoGP numa equipe de fábrica, Marquez não pode ocupar o lugar de Stoner, o que deixa outra “superestrela” com a porta entreaberta para um retorno à casa onde começou na categoria rainha… Rossi.

     “Il Dottore” tem tido muitas dificuldades na Ducati e, também ele estará sem contrato para o ano que vem. Recentemente Shuhei Nakamoto, vice presidente da HRC, confirmou que o retorno de Rossi à Honda não era totalmente impossível… mas sempre numa equipe privada. Será que com o anúncio do abandono de Casey Stoner, Nakamoto e a HRC ainda pensam da mesma forma?

Texto: Bruno Gomes  Fonte: http://www.motociclismo.pt

 

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em ESPORTE

Summer Racing 2012 – As motos roncaram em Guaporé !!!


summer2

 

     Domingo de temperatura agradável e sol no Autódromo Internacional Nélson Luis Barros em Guaporé, as motos roncam desde cedo no warm –up.

     Na categoria 250/CB300 o melhor tempo da warm-up foi de Fabiano Vaz (#23) de Alvorada com a 250cc e na 300cc Rafael Portaluppi manteve seus tempos de sábado.

     Na categoria Super Bike Pró Mariano Spolier (# 77) de Novo Hamburgo confirmou seus baixos tempos e reduziu para 1:15.892 no warm-up na categoria Pró e na Stock Alex “Power” Quadros (#4) também vou baixo com 1.16.896. Já na Amador Rodrigo Ilha Algarve (#97) fez o melhor tempo em 1.19.989.

     Após o brieffing obrigatório ficou definido que o horário de largada das 250cc/cb 300 permanecia conforme cronograma inicial e as demais categorias foram reorganizadas para largada as 16 horas a AMADOR e 17 horas SUPER BIKE PRÓ E STOCK.

Largada das 250/300cc

     Emocionante prova com os pegas protagonizados por Pedro Sampaio (#14) e Guilherme Michelin (#48) pela segunda e terceira posição na categoria CB300. Nos pegas Pedrinho ficou com a melhor e próxima a chegada lado a lado, ficou na frente. Rafael Portaluppi (#49) venceu a bateria na CB300cc e Fabiano Vaz (#23) na categoria 250cc.

     Abaixo resultados:

1 – Fabiano Vaz (#23) – 250cc – Kbeça Motos/Spinelli Motos – Porto Alegre – 1:29.7

 

1 – Rafael Portaluppi (#49) -300cc – Rodoluppi/Motocão – Bento Gonçalves – 1:32.4

2 – Pedro M. Sampaio (#14)- 300cc – Fábio Loko/ Motornew – Bento Gonçalves –1:32.0

3- Guilherme Michelin (#28) – 300cc – Gdex / MotoStyle – Bento Gonçalves – 1:32.3

4- Allan Aguiar (#19) – 300cc – Fabio Loko Race Team – Porto Alegre – 1:33.9

 

summer

 

Emoção total na Super Bike Amador

     O piloto da super bike AM (amador) foi prá lá de profissional. O super pole Nivaldo Tomasini (# 133) de Serafina Correa não largou muito e segundo no grid, Paulo Cezar da Silva (#33) saltou para a liderança da prova.

     Porém uma volta depois Nivaldo assumiu a ponta e as disputas ficaram nas demais posições. Marcos Boeira (# 46) saltou da quarta posição para a vice liderança na sexta volta. Paulo Cezar garantiu a terceira posição após ser ultrapassado pelo Boeira (companheiro da equipe Sulfer Sucatas e irmão).

     Já nas posições sexta e quinta os pegas também foram intensos entre Etelvino Maia (# 28) e Darlan Schenkel (#27). Os pegas foram: 3 voltas Darlan, 1 Etelvino, 1 Darlan, 1 Etelvino, 3 Darlan e na ultima volta Etelvino assume a quinta posição. Para se ter uma idéia dos pegas destes dois pilotos.

     Na quarta posição Rodrigo Ilha Algarve que fez o melhor tempo no warm-up.

     Subiram ao pódio ainda Lisandro Soares (#91) bicampeão gaúcho da categoria 600cc, na sétima posição com a 600cc Hornet, em oitavo Rafael Cadore (#37) e novo Sérgio Bongonhi (#121).

 

Super Bike Pró e Super Stock proporcionam show de velocidade

     A última bateria manteve o padrão do final de semana com pegas de tirar o fôlego. Na largada Fabiano Vargas Alegre “Meu Patrão”(#75) de Canoas, segundo no grid não largou bem e caiu para a quinta posição, na volta seguinte já ocupava a quarta posição e três voltas depois já estava na terceira atingindo a segunda posição na sexta volta e mantendo até a 15… apertando volta a volta o líder absoluto da prova, Mariano Spolier (#77) de Novo Hamburgo. Fabiano Vargas Alegre fez a volta mais rápida da bateria sendo 1:14.371 e ficou em segundo no pódio já que Spolier não deu chance de perder a liderança. Em terceiro Leandro Fernandez Rad (#3) de Caxias do Sul e quarto Luis Fernando Brum (#40) de Caxias do Sul.

     Maico Colussi (#14) de Passo Fundo venceu a categoria da Stock e o pole Alex “Power” Quadros (#4) de Carazinho ficou com a segunda colocação seguido por Pablo Dorneles (#42).

     O pódio dos pilotos foi regado a champagne na companhia das grid girls, além de show de fogos nas chegadas. Troféu dos pole position para incentivar a bela disputa de sábado para a super pole e brindes Konrad e Pirelli.

     O público prestigiou este grande evento que teve o patrocínios da: Transportes Spolier, Rodo Seguros, Konrad Caminhões, Passarin Seguros, ALL Motos Import, concessionária VW ANP, Postos Ditrento, Tipler, Pirelli e Sulfer Sucatas.

     Organização Charles Pilotti, promoção AGEM, Associação Gaúcha de Esportes Motociclisticos e Supervisão da FGM.

fonte: Charles Pilotti

 

Equipe: motosBR

Deixe um comentário

Arquivado em ESPORTE

Honda vai lançar CBR1000RR em tributo a Marco Simoncelli


Foto: Moto GP

     Em um bonito gesto a Honda está preparando um modelo para homenagear Marco Simoncelli. Segundo a imprensa europeia a marca japonesa produzirá uma edição limitada de sua Honda CBR1000RR 2012 em tributo ao Super Sic, mas ainda pouco se sabe sobre o projeto.

     Por enquanto não se sabe se o modelo será vendido apenas na Itália ou se será comercializado a nível mundial. A moto pode imitar o modelo da San Carlo Gresini de Simoncelli na temporada 2011 ou pode ganhar uma pintura especial para a ocasião, ainda nada está definido

     Em breve a Honda deve se pronunciar oficialmente sobre o fato. Fique ligado para mais informações sobre essa “CBR1000RR SuperSic”, que, com certeza, fará muito sucesso onde for vendida.

fonte: http://bestriders.com.br

 

Equipe: MotosBR

1 comentário

Arquivado em ESPORTE, HONDA, NOTÍCIAS

Deu Argentina nas 500 Milhas Brasil !!!


500milhas3

 

     A 15ª edição das “500 Milhas Brasil” foi disputada no domingo dia 13 de janeiro, em Interlagos, e teve muita emoção desde a largada até a chegada. A equipe Xtreme Speed Studio Motor, formada pelos pilotos argentinos Leandro “Tati” Mercado e Leonardo Pucho Bagni ao lado do brasileiro Pablo “Baratinha” Martins, recebeu a bandeirada da categoria principal em primeiro lugar quando a moto número 17 estava sendo pilotada por Leonardo Pucho. No sábado a equipe já havia conquistado a pole position com o tempo de 1:40.618 marcado por Leandro “Tati”.

     Foi uma corrida cheia de alternativas e uma festa carregada de emoção com direito a final dramático. Durante todo o dia chuva e sol se alternaram na pista e provocaram muitas paradas extras, que influíram no ritmo da corrida e no desempenho das motos e dos pilotos. As emoções começaram nos treinos livres de sexta feira, continuaram no sábado nas tomadas oficiais de tempo para a definição do grid de largada e, no domingo, a chuva que insistiu em cair de maneira intermitente durante todo o dia foi o fator imponderável que teve influência decisiva no desempenho das equipes.

     As provas preliminares, da categoria Escola Motorsco e 250/300 cc, aconteceram com pista seca e tiveram desenvolvimento normal. Na 250/300 cc, alguns tombos provocaram a entrada do “pace car” na pista mais de uma vez e todas as motos andaram juntas durante algumas voltas. No final, quem recebeu a bandeirada em primeiro foi o piloto da moto número 4, Michel Velludo, da equipe Tato Moto Racing, que completou as 20 voltas no tempo de 47:00.092 e levou pra casa o título e o troféu de Campeão depois de uma disputa intensa com Alex Schultz, da equipe Schultz Racing Team, que chegou em segundo com tempo de 47:19.721. E o Campeão ficou emocionado: “Foi realmente um fim de semana para ficar gravado na memória: tudo deu certo, conquistei a pole e ganhei a prova! Uma experiência gratificante! E devo tudo isso a quem me apoia e incentiva: minha família e meus patrocinadores. Essa vitória é nossa!”.

     A largada das motos das categorias Força Livre, Superbike e Supersport, que competiram juntas e tiveram pontuação à parte, foi no tradicional estilo “Le Mans”, que sempre provoca mais emoção na parada. Desde o início todo mundo imprimiu um ritmo muito forte e as paradas extras para troca de pneus por causa das pancadas de chuva, além das paradas normais para reabastecimento e troca de piloto, acabaram dando um ritmo meio “quebrado” no desempenho das equipes.

 

500milhas4

 

     Os pilotos brasileiros José Luiz Teixeira “Cachorrão” e Alecsandre “Doca” Brieda, da equipe Cachorrão Racing Team, perseguiam o título de tricampeões (um título inédito já que até agora só há bicampeões na história das “500 Milhas”) da competição – em 2010 e 2011 eles foram os campeões – e a marca inédita de três vitórias consecutivas. Quase deu certo. Tanto Cachorrão quanto Doca aceleraram forte durante a prova inteira até que Cachorrão sofreu uma queda e o sonho do “tri” voou pelos ares. Ele foi atendido ainda na pista com suspeita de fratura da clavícula e encaminhado para exames mais detalhados.

     Quem fez a festa foi a equipe Xtreme Speed Studio Motor, formada pelos pilotos argentinos Leandro “Tati” Mercado e Leonardo Pucho Bagni ao lado do brasileiro Pablo “Baratinha” Martins. Leandro é um jovem de 19 anos que mora na Califórnia e integra o time Kawasaki disputando algumas provas do calendário da categoria Superstock 1000 do Campeonato Mundial de Superbike. O ritmo que ele imprimiu à prova cada vez que esteve nos comandos da XZ 10 2012 da equipe, foi determinante para a conquista da vitória.

     Quem cruzou a linha de chegada em primeiro pilotando a “17” foi Leonardo Pucho, manager e orientador da carreira de “Tati”: “Esse garoto ainda vai longe!”, foi o seu comentário após a prova. “Viu como ele toca!”.
Destaque na prova também para a equipe Mobil Rush Racing Team, que conquistou o primeiro lugar na categoria Supersport com o incrível Eric Granado dando show na pista e tendo participação decisiva na conquista do bicampenato da competição. “Dudu” Costa Neto, líder da equipe, resume: “Grande trabalho em equipe, ótima estratégia, e com uma 600cc chegamos novamente em 2º lugar na geral!!! Parabéns a todo o staff, agradecemos o Valério (nosso chefe de equipe), aos pilotos Eric Granado (show à parte), Nico Ferreira (nosso novo irmão), Serginho e eu…… Quase ganhamos na geral novamente!!! Um abraço especial para a torcida Mobil que compareceu em peso para dar aquela motivação especial. Mais um título para a Mobil Rush Racing Team!!! “.

     Mas, o fato mais emocionante da corrida aconteceu exatamente no final: na reta de chegada a moto número 375, uma Bimota DB7, da equipe Perfect Race teve uma “pane seca”, depois de mais de 180 voltas na pista, nas mãos do piloto italiano Sebastiano Zerbo. Ele não teve dúvidas e empurrou a moto em toda a extensão da reta dos boxes para cruzar a linha de chegada em quarto lugar na categoria Superbike e cair extenuado em seguida. São histórias como essa que fazem a magia de uma prova de resistência!

     Para os organizadores, apesar dos problemas de rotina, foi mais uma página fechada com êxito no calendário da motovelocidade brasileira. A prova “500 Milhas Brasil” é uma realização do Centauro Motor Clube com supervisão da Federação Paulista de Mtociclismo. Tem patrocínio oficial de Pirelli , Motul, Dimep Sistemas e Kasinski; apoio da Revista MotoAdventure, Teleco e Teco, Donna Modas, MotorsCo Escola de Pilotagem e Sarachú Escapamentos, com promoção exclusiva da Band e Bandsports.

 

500milhas1

 

Classificação Final das “500 Milhas Brasil” 2012

Categoria Escola Motorsco
1 – 9 – Carlos Eduardo Martinez
2 – 34 – Rinaldo Ferreira Quio
3 – 7 – Ayer Patrício Guerra
4 – 37 – Rodrigo Martins Punhague
5 – 31 – Pedro Henrique Louzada

Categoria 250 / 300 cc
1 – 4 – Michel Seixas Velludo
2 – 22 – Alex Schultz
3 – 55 – Oswaldo Jorge Filho
4 – 627 – Sergio Bueno Gaeta
5 – 444 – Lucas Mattei

Categoria Força livre
1 – 300 – Xtreme Speed Team – J.N.Rodrigues (Black), Alexandre Ramalho, Elton, Naildo Emídio
2 – 9 – Kasinski Motorsco – Leandro Mello, Eduardo Tostes, Eric André
3 – 2 – New Moto Racing Team – Sandro Paganelli de Souza, Josemar Aparecido Rozafa, Irineu Cerino Jr.
4 – 3 – Sport Plus Racing 4 – Daniel Oliveira, James Michael, Dalton Barsottii
5 – 16 – Zangrossi Racing – Herbert Zangrossi, Carlos Medeiros, Danilo Lewis, Fábio Traldi

Categoria Superbike
1 – 17 – Xtreme Speed Studio Motor – Leandro “Tati” Mercado, Leonardo Pucho Bagni, Pablo Martins
2 – 51 – Cachorrão Racing Team – José Luiz Teixeira “Cachoirrão”, Alecsandre “Doca” Brieda
3 – 96 – Sport Plus Racing – Robson Pereira, Bruno Di Benedetto, Wesley sanches
4 – 375 – Perfect Race – Diego Pretel, Sebastiano Zerbo, Josh Galstger
5 – 777 – Yokomoto – Antonio Carlos Rodrigues , Angelo Couto, Fernando França, Alex Alves dos Santos

Categoria Supersport
1 – 57 – Mobil Rush Racing Team – Eric Granado, Nico Ferreira, Sergio Laurentys, Eduardo Costa Neto
2 – 19 – Boi Motos – Ricardo Pelosini, Gabriel Naves, Rubens Naves, Leonardo Moya
3 – 111 – Cerciari Racing School 3 – Erika Cunha, Luiz Carlos Cerciari
4 – 50 – Duas Rodas Racing – Walter Haertel Jr, Antonio Bortoluchi, Brecht Mondragon
5 – 44 – Cigano Racing Team – Milton Nicola Adib, Milton Adib Nicola Jr, Fausto Wajchenberg

Fotos: Jotta Santana/Divulgação
Fonte:
http://www.moto.com.br

 

500milhas2

 

Equipe: MotosBR

2 Comentários

Arquivado em ESPORTE

A Mobil Rush Racing Team se volta para as 500 Milhas de Interlagos


 cid_image001_jpg@01CCAA9F

        A Mobil Rush Racing Team confirmou a participação  de duas motos na tradicional 500 Milhas de Interlagos, para os pilotos Dudu “Rush” Costa Neto, campeão nesta temporada da  MotoGP 1000, Sergio de Laurentys, Maurício Zanella, Luiz Marques e Cadu Zaran. Eles se revezarão nas duas Honda CBR 1000 RR da concessionária co-patrocinadora Trends, escolhidas entre as Kawasaki, Yamaha e Triumph que a equipe usa nas provas de velocidade.

      A confirmar e na dependência dos comproissos internacionais e programação de treinos na Europa, o jovem piloto Eric Ganado, que correrá o mundial na Moto 2, poderá reforçar o time. Se confirmado, pilotará outra  Honda CBR 1000 RR da Trends, a que usa para treinar no Brasil.  

 mobil-team

       Disputada desde 1970, a 500 Milhas de Intelagos é atualmente a mais longa prova oficial do calendário brasileiro. São 186 voltas ou cerca de 800 Km, com as motos tocadas por 2 a 4 pilotos. A distância pede além dos reabasecimentos a troca de pneus, o que a torna uma prova estratégica, na qual o box é fundamental para o resultado. Mas na pista, a tocada dos pilotos que se revezam é a mesma das prova de velocidade.

     Entre outros destaques que tornam a 500 Milhas uma prova singular, a sua largada é até hoje no estilo Le Mans, as motos desligadas alinhadas a 45 graus de um lado da pista e os pilotos do outro, correndo para elas quando a bandeirada é dada. A prova dura mais de seis horas e a  Mobil Rush Racing Team tem experiência de várias participações nos últimos anos. Neste, tentará repetir com as Honda CBR 1000 RR na categoria 1000cc a vitória conquistada no ano passado na 600 cc com uma Kawasaki Ninja ZX-6R.

Fonte: Thomaz Magalhães®

 

Equipe: MotosBR

Deixe um comentário

Arquivado em ESPORTE