Aumenta acidentes fatais com moto em SP e inexperiência é uma das causas !!!


acidente-com-moto

     A grande maioria das vítimas era de pessoas que usavam motos como meio de locomoção. O levantamento mostrou que apenas 8% dos mortos eram motoboys, que são mais acostumados a guiar motocicletas.

     Os novos números comprovam e assustam. Na maior cidade do país, aumentou o número de mortes de motociclistas. O surpreendente é que essas vítimas não são os motoboys, os motoristas profissionais que passam o dia cruzando a cidade. São pessoas que usam a moto como meio de transporte.

     A grande maioria das vítimas era de pessoas que usavam motos como meio de locomoção, para ir para o trabalho ou para a escola. O levantamento mostrou que apenas 8% dos mortos eram motoboys, que geralmente são mais acostumados a guiar motocicletas.

     O vendedor Fábio Dias de Oliveira comprou a moto em fevereiro. Em abril, deu entrada hospital com a perna fraturada. O jovem de 24 anos não sabe quando vai voltar para casa, mas não pensa em voltar para a moto. “A gente pensa em comprar um carro. Moto é muito perigoso, coisa de segundo que aconteceu comigo, não pude controlar”, lembra.

     As motocicletas são ágeis, mas também perigosas. O problema é que rodar sobre duas rodas exige muito mais do que equilíbrio. Ainda mais em um trânsito tão carregado quanto o de São Paulo. Mais pessoas estão morrendo em acidentes envolvendo motocicletas. A maioria não é composta por motoboys.

     Um levantamento da Companhia de Engenharia de Tráfego da capital apontou aumento de 7% no número de motociclistas mortos em 2011, em relação ao ano anterior. Foram 512 mortes. Apenas 8% usavam a moto como ferramenta de trabalho.

 

5830127553_b3ed2e6b17

 

     O porteiro Paulo Henrique de Souza Silva sempre quis sair do aperto do ônibus. Só não imaginava que poderia acabar em um quarto de hospital. O acidente a caminho do trabalho foi em 2009. Ficou um ano parado. Agora, voltou ao Hospital das Clínicas para tratar de uma infecção na perna acidentada. “Eu me arriscava pouco, mas tinha hora em que acabava correndo um pouquinho mais”, confessa.

     A reabilitação é demorada e trabalhosa. Segundo uma pesquisa do Hospital das Clínicas, referência nesse tipo de atendimento, 40% dos acidentados com motos precisam passar por complexas cirurgias e longos tratamentos de fisioterapia. No Hospital das Clínicas, o atendimento a esse tipo de paciente aumentou 14% nos últimos cinco anos. A maioria é homem, com idade entre 20 e 40 anos.

     “Nos últimos três anos, o perfil desse paciente mudou. É aquela pessoa que usa a motocicleta como meio de transporte, locomoção, na cidade de São Paulo. Um número não desprezível de acidentados é de pacientes que estavam ou tinham pouco tempo de habilitação e utilizando a motocicleta”, revela o diretor clínico do Instituto de Ortopedia do Hospital de Clínicas, Jorge dos Santos Silva.

     O aumento no número de acidentes com motociclistas levou o hospital a criar um blog na internet, para alertar as pessoas sobre o uso desse meio de transporte perigoso.

     “É um espaço onde as pessoas podem trocar experiências, dar os seus depoimentos e, dessa maneira, contribuir de alguma forma para minimizar o problema para que as pessoas se conscientizem de que andar de motocicletas exige cuidados e que esses cuidados são importantes para que o numero de vítimas diminua cada vez mais”, declara Jorge dos Santos Silva, do Instituto de Ortopedia do Hospital de Clínicas.

     As lesões mais graves causadas por acidentes de motos, geralmente, são no crânio e na coluna.

     A Companhia de Engenharia de Tráfego informou, em nota, que aumentou a fiscalização para tentar frear o avanço no número de acidentes com motos na capital paulista. Também colocou em funcionamento, seis radares portáteis, do tipo pistola – que registram imagens- para flagrar excesso de velocidade cometido por motociclistas.

fonte: http://www.jornalfloripa.com.br

 

folheto_moto_21072011

 

Equipe: MotosBR

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em ARTIGOS

7 Respostas para “Aumenta acidentes fatais com moto em SP e inexperiência é uma das causas !!!

  1. esse parece ser meu caso, acabei de tirar carteira de moto, pra me transportar no RJ.. o q fazer pra não ser mais um na estatística?

    • ARQMOTO

      pilote com atenção e prudência, seja educado, lembre-se da velha frase “é melhor perder um segundo da vida, do que a vida em um segundo” e ande sempre equipado … peça sempre proteção a Deus e vá curtir sua moto ….

  2. otoniel

    Acidente acontece com qualquer um mas a muitas das vezes sao por burrice esse caras querem sai correndo no centro de cidade com,o loucos sabendo que tem pedestre,cachorro,lombadas,sinal parada obrigatoria eles que sao burros mesmo vai indo morrendo ate eles saber coloca as maos na conciencia…vc nao ve isso acontece em viagem pq e onde vc pode andar com menos risco de acidente

    • Rodrigo Guinha

      Otoniel você não poe chamr alguem de burro por que caiu de moto.

      Você é Rico? se não é eu posso chama-lo de burro por não ser Rico?

      Acho que não né? Então a mesma coisa que as pessoas que se acidentam de moto, muitas por pura inesperiência outras por estarem com pressa e acabam tentando fazer algo que geralmente não costumam fazer.

      Ninguém quer sair com sua moto e sofrer um acidente, pelo contrário todos nós queremos PAZ no trânsito, as vezes eu cometo excessos confesso, mas já entendi que não vale a pena ganhar um minutos e perder uma vida toda.

      As pessoas tem que aprender isso antes de pegar a moto, nem todas conseguem, mas com fé em Deus vamos conseguri mudar esses numeros e chega de mortes no trânsito.

      Abraços e fiquem com Deus!

      • Rodrigo Guinha

        Desculpem os erros de português, estava escrevendo rápido. rsrsrs

  3. FCO. GILDASIO RODRIGUES

    Tenho 47 anos, sou motociclista desde 1983, já guio motos há quase trinta anos, já sofri 09 atropelamentos, com quebras e algumas fraturas expostas. já quebrei o braço squerdo, perna direita, os 02 joelhos, clavicula direita, o dedo polegar da mão esquerda já foi amputado, mas coloquei no lugar. quedas foram umas 40. fazia trilha nas serras aqui no ceará. Voces podem perguntar, pô, esse cara é louco ou muito burro por continuar andando de moto. sou apaixonado por moto. atualmente tenho uma suzuki bandit 1250-s, ano 2009, estou aprendendo a andar nela, pois, a danada é muito grande e valente, porém, muito gostosa e fácil de pilotar. não pode abusar. tenho que ser muito prudente. Os acidentes que já sofri me deixaram mais sábio e sóbrio, mais paciente, calmo, sem muito frenesi, com a idade ficamos mais responsável. a gente vai ficando velho e tem que aprender, ou então vai morrer e deixar mulher e filhos orfãos. Prezados amigos, muitos vão concordar comigo e outros discordarão. as motos não tem culpa de nada, são um meio de transporte como outro qualquer, mais economicas, mais baratas (algumas) elas não tem vontade própria, na verdade alguns motociclistas é que são um perigo para as coitadas das motos. a grande questão é que as pessoas adquirem motos, muitas vezes sem experiencia nenhuma, sem ter contato algum com elas, tiram a carteira e saem as ruas feitos loucos, em altas velocidades, sem usar capacete ou equipamento adequado, dirigem sob influencia de alcool (que também não tem culpa de nada, ele não tem vontade própria). o que deve ser feito: é os motociclistas têm que guiar com mais atenção se conscietizar RESPEITAR AS LEIS DE TRÂNSITO, RESPEITAR OS PEDESTRES, E ACIMA DE TUDO RESPEITAR OS VEICULOS MAIORES, POIS, ESTES SÃO OS MAIORES PERIGOS QUE ENFRENTAMOS. DESTA FORMA O TRÂNSITO FLUIRÁ COM MUITO MAIS HARMONIA E SEM ACIDENTES. AMIGOS A MODA AQUI NO CEARÁ É COMPRAR MOTO DE GRANDE CILINDRADADA. OS CARAS NÃO TEM EXPERIENCIA COMPRA UMA MTO MUITO VELOZ E POTENTE E DE VEZ EM QUANDO UM MORRE. É ISSO AÍ. ABRAÇOS A TODOS E DIRIGAM COM MUITA ATENÇÃO. .

  4. Heyder Ferreira

    Falou tudo. Concordo em número e grau.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s