Motores: Potência, Cilindrada, Torque…


harley-revolution-engine

Motor V2 Harley Davidson

     Temos percebido que muitos de nós não têm claro o significado de algumas medidas características de um motor. Qual é a diferença entre potência e torque? Qual é a relação desses parâmetros com a performance da moto? Porque as motos custons têm potência mais baixa? Porque motos de uma mesma marca e com motores aparentemente iguais têm entre si têm tanta diferença de potência? Octanagem da gasolina, que bicho é esse? Bem, vamos optar por uma abordagem breve dessas questões, deixando de lado um maior rigor técnico.

     Potência é a medida do trabalho realizado numa unidade de tempo. Ela é a medida da capacidade do veículo de desenvolver velocidade. Quanto maior a potência, maior é a capacidade de atingir maiores velocidades. O motor oferece maior potência à medida em que a rotação aumenta. A potência máxima está disponível na rotação máxima.

 

    

    Torque corresponde à força de giro exercida em determinado braço de alavanca. Ele é a medida da capacidade que o veículo tem de desenvolver força. O torque máximo, ou máxima capacidade do veículo tracionar uma carga, sempre ocorre numa rotação inferior à máxima. É por isso que quando um veículo de carga passa de um trecho plano da estrada para um trecho de aclive a sua velocidade tende a diminuir.

     Isso ocorre porque o motor necessita de mais torque para aquela situação e o encontra numa rotação inferior à qual estava. Nessa situação, se a rotação do motor continuar caindo após ter passado pela rotação de torque máximo, o condutor do veículo deverá reduzir sua marcha sob pena do veículo parar. Manuais e catálogos de veículos sempre informam sobre potência máxima, torque máximo e a rotação onde cada um deles ocorre.

 

 

     Cilindrada significa tamanho de motor e é a medida do volume total dos cilindros em centímetros cúbicos. 1.000 cc equivale a 1 litro. Por exemplo, um motor de 500 cc com 2 cilindros significa que num cilindro, com seu pistão na posição mais baixa, cabe o conteúdo de um copo de 250 ml, quase o volume de uma latinha de cerveja, que contém 350 ml. 250 ml, ou 250 cc, multiplicados por 2 cilindros somam 500 cc.

Qual é a faixa de rotação mais apropriada?

     Quando o motor trabalha próximo à rotação de torque máximo ele é mais econômico e menos exigido. Essa é a faixa de uso que normalmente confere maior durabilidade ao motor. ? O uso do motor na sua faixa mais alta de rotação aumenta o consumo e, se ocorrer de forma habitual, compromete sua durabilidade. ? O uso do motor numa faixa muito baixa, por displicência com a troca de marchas, pode ter seu efeito melhor entendido se comparado à condução de uma bicicleta. Quando o ciclista enfrenta um trecho de aclive e ele não reduz a marcha, suas pernas passam a ser muito mais exigidas. O mesmo ocorre com o conjunto motor-embreagem-câmbio-relação/cardã.

 

gsxr1000_motor Motor da Suzuki GSXR 1000

 

Porque as motos custons têm baixa potência?

     Isso ocorre por dois motivos. O primeiro motivo está relacionado ao estilo antigo dessas máquinas, que não utilizam motores de alta performance. O segundo motivo é que, para seus usuários, conforto é mais importante que alta velocidade. Uma viagem longa torna-se mais agradável com motor a uma rotação não tão alta. Nessa faixa de baixa rotação o motociclista tem que ter boas condições de retomar velocidade, fazer ultrapassagens e outras manobras. Para conseguir o torque máximo a uma rotação mais baixa, a configuração do motor não permite atingir a mesma potência oferecida por um motor em que o torque máximo ocorre em rotações maiores. Seguem alguns exemplos numéricos:

MODELO  ESTILO   MOTOR    POTÊNCIA MAX.   TORQUE MAX.   ROTAÇÃO

CBR 600 F    Esportiva   4 cilindros em linha   110 CV    6,4 kgf.m    10.500 rpm

Drag Star   Custom     2 cilindros em V    40 CV    5,2 kgf.m      3.000 rpm

BMW R 1150 S    Turismo   2 cilindros boxer   98 CV    9,7 kgf.m   5.750 rpm

BMW R 1150 GS   Enduro   2 cilindros boxer    85 CV   10,0 kgf.m    5.500 rpm

BMW R 1200 C   Custom    2 cilindros boxer     61 CV    9,8 kgf.m    3.000 rpm

fonte: catálogos dos respectivos fabricantes.

 

12_HORNET_4_grandeMotor da CB600F Hornet 

 

Qual é o significado de octanagem?

Octanagem é a capacidade do combustível, já na mistura ar-combustível, de ser muito pressionado sem entrar em combustão expontânea, isso antes da vela de ignição soltar sua centelha. Quando o pistão sobe, a pressão no cilindro aumenta muito. Se ocorrer auto-combustão com o pistão ainda subindo, ela diminuirá muito a performance do motor. Isso acontecendo, percebemos um barulho característico dessa auto-combustão, que os mais antigos denominam “motor batendo pino”. Motores com maior relação de compressão demandam combustível de maior octanagem. Relação de compressão é a razão entre o volume do cilindro com o pistão na sua posição mais baixa o volume com ele na sua posição mais alta. Uma relação 10:1 significa que um cilindro de 250 cc fica com apenas 25 cc quando seu pistão sobe por completo.

O que aumenta a vida de um motor?

  • Trocas de óleo lubrificante* Motores são formados por peças móveis que têm atrito entre
    si e seu tempo de vida está relacionado à aualidade do lubrificante.
  • Trocas de filtro de óleo* A qualidade do óleo lubrificante é afetada pelo estado do filtro de óleo).
  • Trocas de filtro de ar* A absorção do ar da mistura ar-combustível não pode trazer resíduos de pó para o motor, que funcionam como abrasivo destruidor das peças móveis. Essa proteção é garantida pelo filtro de ar.
  • Qualidade do combustível: Combustíveis adulterados podem danificar o motor. A garantia da origem do combustível é mais importante o que ele ser, ou não, aditivado.
  • Trocas do filtro de combustível*: A qualidade do gasolina é afetada pelo estado do seu filtro.
  • Qualidade do fluido de arrefecimento*: Radiadores servem para esfriar a água aditivada que circula pelo motor, limitando sua temperatura máxima. Uso do aditivo fora das especificações e ausência de limpeza das câmaras de circulação desse fluido comprometem a eficiência do sistema. Temperaturas acima da sua faixa normal dilatam as peças móveis e afetam a qualidade do óleo lubrificante, comprometendo a vida do motor.

 

er6-n_motor2

Motor da Kawasaki ER6-N

 

Quais formas de utilização da moto comprometem vida do motor?

  • Fortes acelerações e desacelerações;
  • Super-aquecimento;
  • Uso em estradas de terra;
  • Falhas na manutenção preventiva*.

(*) segundo as especificações do fabricante.

Fonte: Manoel Constantino de Moura – Motoclube Águias do Asfalto – São Paulo-SP

 

yamaha-yzf-r6-motorMotor da Yamaha YZF R6 

 

 

Equipe: MotosBR

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em ARTIGOS

2 Respostas para “Motores: Potência, Cilindrada, Torque…

  1. gostei muito dessa materia
    estao de parabens abraços
    agente tem que conhecer um pouco de motor mesmo
    muito bom byeeee…

  2. mario

    adorei a explicação, muito bom mesmo , parabéns

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s