Suzuki GSX-R 600 – 2011 !!!


suzuki_gsxr_600_2011_40

     A teoria da Suzuki em manter o radicalismo na mudança de seu modelo GSX-R 600 permanece, e novamente a moto nos parece totalmente diferente da última que andamos. Dessa vez, encontramos uma motocicleta leve, e muito mais curta, mas com o espaço do piloto e seus comandos na mesma posição. Um grande acerto, pois podemos afirmar que a Suzuki é uma das esportivas mais confortáveis, resultado do bom posicionamento com uma ótima proteção aerodinâmica. Porém, agora, se formos comparar com o modelo anterior, ela é toda melhor.

2011-suzuki-gsx-r-600

     Na verdade, uma das grandes diferenças do velho modelo para o atual foi a diminuição dos ruídos do motor, que antes passavam a impressão de que estava perto de explodir entre nossas pernas. Outra mudança, que também faz uma boa diferença, é a opção de poder regular a pedaleira em diversas posições. O bom tato da embreagem e do câmbio, somado ao baixo índice de vibração e ao excelente comportamento da bomba do freio radial (suave de uma forma que jamais vimos em uma esportiva japonesa, permitindo no primeiro acionamento evitar sustos em frenagens de emergência), confirma a boa impressão de segurança, principalmente se pensarmos em um uso cotidiano com passeios por estradas.

suzuki_gsxr_600_2011_37

     Inclusive, quem anda na moto e sente as melhorias do propulsor nas baixas e médias rotações acha que a GSX está caminhando para o rumo de menor radicalismo, no entanto, não é assim. As novas configurações de motor em combinação com a drástica perda de peso, focada no quadro da motocicleta, suspensões e freios, melhoraram o comportamento da seiscentas ainda mais dentro das pistas, um lugar no qual a GSX-R 600 possui diploma de doutorado.

      Para se ter uma noção do quanto a redução de peso na GSX foi importante, a moto passa a ter a melhor relação
peso-potência dentro da categoria supersport, algo que certamente se refletirá nas pistas quando estiver lado a lado com suas concorrentes.

     É de se apreciar a facilidade e a agilidade nas trocas de direção, assim como a excelente velocidade de entrada de curva. Mais intuitiva e segura, a maneabilidade que o piloto tem para fazer o que quiser com a motocicleta é admirável, mérito das novas bengalas Showa BPF. Suave, progressiva e com uma capacidade de regulagem excelente, a suspensão dianteira permite ao piloto rendimentos esportivos de primeiro nível.

suzuki_gsxr_600_2011_33

     Tal perfeição conseguida com esse componente também pode ser alcançada com os freios Brembo de duas pinças radiais, potentes e progressivos em uma medida rara de se encontrar. Pequenos 15 mm de comprimento foram reduzidos do chassi da motocicleta de  Hamamatsu, para permitir que o piloto chegue ao limite da inclinação com o máximo controle da motocicleta.

     Nas saídas de curva, dificilmente será necessário controlar no freio traseiro enquanto a moto está espalhando, isso graças à boa geometria desenhada pelos engenheiros japoneses e o ótimo trabalho realizado na suspensão traseira e no amortecedor de direção elétrico, que se enrijece automaticamente com as passagens das marchas.

     Enquanto a ciclística recebeu diversas modificações, o propulsor quatro cilindros em linha não mudou muito. Porém, as poucas alterações feitas refletiram positivamente com a nova distribuição dos comandos de válvulas, pistões mais leves e uma injeção eletrônica mais evoluída. Mesmo considerando poucas mudanças, se anuncia uma redução considerável do consumo em 10%. A caixa de câmbio também recebeu suas modificações, com uma 1ª primeira marcha mais longa e, com exceção da 5ª, as outras estão mais curtas.

     A desenvoltura do motor é memorável e o seu crescimento até os 13 500 rpm é muito rápido e progressivo. Sem dúvidas as modificações feitas pela Suzuki tornaram a GSX-R uma motocicleta muito competitiva, que nos próximos comparativos provavelmente dará trabalho para suas concorrentes japonesas e europeias.

Ficha técnica
Preço: 22.901 euros
Motor: Tetracilíndrico em linha, 4T, DOHC, 16 válvulas, arrefecimento líquido, injeção eletrônica, embreagem multidisco em óleo, 6 marchas, transmissão por corrente
Cilindrada: 599 cm³
Pot. máx. declarada: 112 cv a 13 500 rpm
Torque máx. declarado: 7,1 kgfm a 11 500 rpm
Diâmetro x curso: 67 x 42,5 mm
Taxa compressão: 12,9:1
Quadro: Dupla viga em alumínio
Cáster: 66,3º
Suspensão dianteira: Bengala Showa BPF
Suspensão traseira: Monoamortecedor
Curso diant. / traseiro: 120 mm / 130 mm
Regulagens: Pré-carga de mola e compressão
Freio dianteiro / traseiro: 2 discos Brembo de 310 mm / 1 disco de 220 mm
Pinça dianteira / traseira: 4 pistões radiais  / 1 pistão oposto
Pneu / roda dianteiro: 120/70-17″ / 3,5″
Pneu / roda traseiro: 180/55-17″/ 5,5″
Entre-eixos: 1385 mm
Altura do banco: 810 mm
Peso a seco: 187 kg

Lucas Paschoalin

[Por:Motociclismo Online]

GALERIA DE FOTOS

 

Equipe: MotosBR

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em SUZUKI

3 Respostas para “Suzuki GSX-R 600 – 2011 !!!

  1. RUYLSON

    Já andei na SRAD 600 e na minha opinião é muito mais equilibrada que a 750 sendo que a diferença entre as duas está apenas na vontade do piloto,na categoria 600 não vejo concorrente na categoria para esta força constante somada ao equilibrio,caracteristicas dessa moto

  2. Rodrigo silva

    Bom dia a todos do motoBR
    Como mais um louco por motos venho por meio deste scrap pedir alguma informações , dês de muito cedo sou louco por motos acho que começou com a serie (Street Hawk) moto laser aqui no Brasil e o (Kamen Rider) quem nunca acompanhou essas series quando pequeno? Enfim dia pra frente comecei a trabalhar como marceneiros, vendedor, serralheiro, soldador, telecomunicação mais nunca saindo do meu foco mais como o destino nos faz dar voltas infelizmente nunca encontrei trabalho no ramo de motos mais
    Agora que estou desempregado estou buscando entrar nesse seguimento sinto que é essa a minha vocação
    Tudo o que eu aprendi na a área foi correndo atrás fazendo pesquisas o bendito “fuçar” nunca fiz cursos técnicos em mecânica nem e elétrica automobilística por muitas vezes por não ter tempo de estudar e trabalhar ao mesmo tempo chega uma hora que é gosto ou dinheiro como nunca ocorreu de aparecer um trabalho com motos tive que fazer as minhas escolhas
    Sem mais delongas peço pelo menos um contato ou indicação para ingressar no ramo das duas rodas
    Pode ser como vendedor aprendiz mecânico só preciso de um empurrão para dentro lá eu me viro
    Meu email é skyline_rodrigo@hotmail.com meu nome é Rodrigo Moreira silva 28 anos

    muito obrigado e desculpa por usas esse modo para recorrer a vocês mais como ja freguento esse site ha muito tempo pesso essa ajuda valew

  3. Everton Felix da silva

    linda essa maquina]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s