Yamaha XTZ TÉNÉRÉ 250 – 2011


XTZ250Tenere_12

 

A Yamaha apresentou na última segunda-feira (25) sua nova trail de pequena cilindrada. Com o mesmo estilo das recém lançadas XT660 Ténéré e Super Ténéré 1200, a marca japonesa produziu a nova XTZ Ténére 250.

A idéia era realmente produzir uma mini ténéré , porém, a nova motocicleta tem como habitat natural o asfalto, mas, sem deixar pequenas aventuras off-road de lado. A XTZ Ténéré 250 utiliza a base mecânica da já tradicional Lander 250, que continuará sendo comercializada, contudo, com mudanças estéticas e dinâmicas.

XTZ250Tenere_1

 

Com um visual mais imponente, e um novo bloco ótico, que conta com duas lâmpadas alógenas de 55 watts, a nova moto possui uma semi-carenagem e um pára-brisa, assim, trazendo maior proteção aerodinâmica. Outra modificação ocorreu no tanque de combustível da Ténéré 250, que agora terá 16 litros (4,5 reserva), enquanto a Lander tem 11 litros.

 

XTZ250Tenere_10

 

Guidão mais alto com amortizados. Assento em degrau amplo e confortável para piloto e garupa. Pára-brisas, menos cansaço e proteção.

Válvulas e Corrente de Comando de funcionamento silencioso, engrenagem compensada com mola amortecedora junto ao eixo balanceador.

Freio a disco de 245mm de diâmetro na roda dianteira e 203mm na traseira, com pinça de dois pistões, melhorado pela adoção de uma mangueira em borracha mais curta e com malha de cobre na extremidade.

 

XTZ250Tenere_2

 

Assim, Yamaha demonstra suas intensões predominantemente estradeiras da nova 250, mais adequada a longas viagens. A Yamaha também modificou o banco da Ténéré, o guidão da motocicleta está mais baixo e as suspensões passaram por ajustes.  No mais, a XTZ Ténére 250 é praticamente a mesma Lander, com motor de motor de 249 cm³ e 21 cv de potência. O preço sugerido pela Yamaha é de R$ 12.900 nas cores branco e preto.

 

XTZ250Tenere_6

FICHA TÉCNICA

MODELO: XTZ 250 Ténéré 2011
Comprimento total 2.120 mm
Largura total 830 mm
Altura total 1.370 mm
Altura do assento 865 mm
Distância entre-eixos 1.290 mm
Altura mínima do solo 270 mm
Peso seco 133 kg
Peso (ordem de macha) 151 kg

Motor
4 tempos, SOHC, refrigerado a ar com radiador óleo, 2 válvulas
Quantidade de cilindros 1 cilindro
Cilindrada real 249,0 cc
Diâmetro x curso 74.0 x 58,0 mm
Taxa de compressão 9.80 : 1
Potência máxima 21 cv a 7.500 RPM
Torque máximo 2,10 kgf.m a 6.500 RPM
Sistema de partida Elétrica
Sistema de lubrificação Cárter úmido, com radiador de óleo
Capacidade do óleo de motor 1,45 litros (contando filtro de óleo)

 

XTZ250Tenere_3

Capacidade do tanque de combustível 16 litros (1,5 l reserva)
Injeção eletrônica
Sistema de ignição CDI
Embreagem multidisco banhado a óleo
Câmbio 5 velocidades, engrenamento constante
Quadro Semi Berço duplo em aço
Pneu dianteiro 80/90-21M/C 48S – METZELER/ENDURO 3
Pneu traseiro 120/80-18M/C 62S – METZELER/ENDURO 3
Freio dianteiro Disco de 245 mm de diâmetro
Freio traseiro Disco de 203 mm de diâmetro
Suspensão dianteira Garfo telescópico
Suspensão traseira Monoamortecida com link
Curso da suspensão dianteira 220mm
Curso da suspensão traseira 240 mm
Lâmpada do farol 2 X 12V 55/60 W (alógena)

 

XTZ250Tenere_4

XTZ250Tenere_15

XTZ250Tenere_14

XTZ250Tenere_11

Equipe:MotoBR

About these ads

59 Comentários

Arquivado em YAMAHA

59 Respostas para “Yamaha XTZ TÉNÉRÉ 250 – 2011

  1. Tellis

    Olha, a yamaha ta de mau a pior na minha opinião. Sou um apaixonado pelas antigas TÉNÉRÉs 600 a RD-350 e 200-R pelo YPVS que na época era show de bola. Agora, atualmente as motos não oferecem nada melhor que as outras marcas, haja visto que a BMW lançou uma trail em Manaus que pelo visto da de 10 a 5 na 660. Agora me lança essa porcaria dessa 250 com cara da tenere 660. Olha amigos: a moto é orroroza de fêia e ta totalmente por fora do que ta rolando na Europa e EUA. Coitados somos nós com essas fabricantes que acham que lindas estes monstrinhos dinossauricos. “YAMAHA VOCÊS PODIAM FAZER UMA 660 CC OU 800 CC DE 6 MARCHAS COM DSIGN ATRATIVO COM TANQUE GRANDE PRA VIAJEM, SE NÃO TEREMOS QUE PAGAR CARO PELAS BMW OU VOLTAR O SUCESSO ANTIGO DA TENERES JAPONESAS (AS BRANCAS E AZUIS) AJUDA AÍ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!)

    • gerson

      é meu amigo, e vc poderia escrever um pouco melhor, por que com esses errinhos de português aí que a Yamaha nao vai te atender mesmo!

    • kkkkkkkkkkkkkkkkk,,, errinhos??? ERRÕES!!!
      e outra… será q tu n ouviu falar na Ténéré 660, na 1200??? então amigão, primeiro: cursinho de portuga! pra ficar legal e depois mais informações sobre o mundo 2 rodas!

    • warley

      vc é analfabeto,nao sabe nem escrever vai estudar mané!

    • tenere 250cc

      .TELLIS ARRUMA SUA TROCHA! E VAI MORAR NOS ESTADOS UNIDOS.UM COMPRADOR DE CG FAN VEM FALAR DE TENERE!TENERE É UMA LENDA SEU MERDA!!TINHA QUE SER MOTOQUEIRO MESMO!!!!!MOTOCICLISTA JÁ MAIS FALARIA UMA MERDA DESSA.PARA DE FALAR BESTEIRA MOTOBOY.

    • Igor

      Cara essa é uma opiniao um pouco grosseira, TENHO UMA E SO ALEGRIA, SEMPRE YAMAHA MEU AMIGO, SEGURANÇA, CONFORTO, PARA O DIA A DIA MINHA NEGONA YBR FACTOR 2010, 20.000 KM E NUNCA DEU PROBLEMA NENHUM, SO OLEO E PNEU, NEM REVISAO FASSO, ERRADO! E UMA TENERE 250 AZUL LINDA PARA OS FDS, UMA MOTO PERFEITA.
      Me diz uma coisa, cb300 é melhor que fazer??? rsrsrsrs aiai viu, xre melhor que Tenere ?? aiaiai viu, quem inventou injeçao para motos????????? e quem inventou moto flex em 250 cc nova fazer 2013 ??????? so tenho a agradecer a Yamaha, parabens pelas motos…..!!! abraço amigo

    • carlos

      se você gosta tanto do que acontece na Europa, por que não vai para lá?

    • João Batista dos Santos Espinelli

      Caro Tellis
      Você demonstra em sua resposta que ouviu de um outro que ouviu de outro que YAMAHA dá problema. A partir de 1984, comecei com um RX 125, passei pela YBR 125, hoje tenho uma TENERE 250. Exceto a RX as e as primeiras YBRs 125, após 2004, com uma carga duas vezes acima do recomendado fazia uma média de 44 Km/l, tinha planilha e o abastecimento fidelizado. A TENERE até a 2 ª revisão fez 34,5 Km/l, após 31 Km/l. Devidamente documentado com notas de abastecimento.
      Tellis compra uma YAMAHA, mantem as revisões em uma autorizada, não terás coisas negativas para falar depois…

  2. jose claudio

    iso que e uma moto

  3. ANDRE

    O maior problema hoje é o buraco que existe nas cilindradas.
    Não temos opção intermedária.

    Só fabricamos 125/150 (R$ 27 mil em média).
    Sendo a enorme maioria importada.

    Não temos motos de 450 cilindradas?
    (ou seja, só fabricamos porcarias, ultrapassadas, de baixa cilindrada, e qualidade duvidosa,).
    Ou seja, ou somos motoboy (125/300cc), ou ricos (que podem pagar 30 mil ou mais por uma moto). A classe média foi pro espaço!

  4. ANDRE

    Achei a moto bonita, mas, para uma 250cc, com motor antigo, quadro antigo (praticamente a mesma lander), deveria custar no máximo R$ 12 mil, e isto no lançamento. Depois deveria baixar!

  5. ANDRE

    Esta 250cc não poderia sair por mais de R$ 12 mil, pois é a mesma lander com pequenas modificações.
    Afinal, por 13 mil tem a xre que é 300cc, tem freios muito superiores, e é uma honda (tem valor de revenda)!

    O modelo de 660cc deveria sair por menos de R$25mil, senão vai ser mico, como a MT03!
    Se for lançar a 660cc por mais de 25 mil não vai vender, e vai queimar o nome tenere!
    Se for sair mais de R$ 25mil, é melhor nem lançar!

  6. noismane!

    vo te falar a moto e linda, mas o andre tem razao deixa a desejar em algumas coisas, achei a lanterna trazeira muito sem graça “monotona” tinha q ter mais criatividade ! sou fa da yamaha mas assim ta de mais, o suporte de placa podia ser melhor tambem, sao pequenas coisas que fazem diferença. vamos parar de economizar e so ganhar em cima do cliente.

  7. está moto não pode sair mais de 12.000.00

  8. Darlan

    Só vi aqui opnião de Hondeiro, claro que mesmo assim tenho que respeitar, mas não concordar em alguns casos. Digo isso porque se a YAMAHA tá “ruim” como dizem a queridinha HONDA tá pior ainda, são motos que dão mais problemas que as YAMAHA ( em casa já tá na 4ª YAMAHA e nenhuma apresentou problema), motos mais duras e asperas, menos economicas e não conseguem resolver antigos problemas como o da cb300 que insiste com o barulho de corrente.
    Voltando a Ténéré 250, poderia sim ter um pouco mais de cuidado com a traseira, mas no geral a moto ficou linda e mal lançoe já vejo ela nas ruas de minha cidade ( que é a 23ª. 24ª no ranking de vendas nacional ) e vai vender muito, apesar da YAMAHA dominar mais o seguimento de motos Trial mais caras ( gente mais instruida ), a XT 660 é a lider deixando a BMW pra trás, a Ténéré 250 vai se sair bem devido a sua beleza e seu nome, que moto mais feia que a XRE300, só falta o capacete do JAspion vir junto. O lance de revenda nessa faixa de preçop já não fala tão alto como nas 125/150,, onde é o povão morto de fome que compra e fica se preoculpando com 400 merreca na hora de vender uma moto, tanto é que a lixona da CG vende em media 7x mais que a YBR, a CB300r não chega a 3x a midnigth vende mais que shedow e tem mes que a shedow ( que é muito boa) vende mais, ou seja, em categoriasa superiores onde a Honda faz boas motos de verdade, não existe superioridade dela em vendas..
    Vai vender bem com certeza, se duvidam é só olhar o raking daqui uns 3 meses.
    Honda de até 13 mil? Tô fora, só de Hornet pra cima, essas sim são Hondas como as de antigamente, produtos de qualidade, hije é só lixo que opovão devido a sua burrice continuam comprando achando que é o melhor.

    • Caro Darlan,
      Gostei de suas ponderações. Lúcidas e equilibradas. Tenho vontade em me lançar nesse mundo de duas rodas. Adoro o estilo custom.
      Minha preferência é lazer. Pilotar em uma boa rodovia urbana à noite ou fazer pequenas viagens, tudo sem pressa e com o objetivo apenas de curtir a sensação de liberdade sobre duas rodas.
      Te pergunto: Um amigo tem uma possante de 1.200cc e me aconselhou começar com uma CG 125. Será uma boa começar com essa Ténéré 250? Gostei muito do design dela.
      Gostaria de ouvir tua opinião – xavierfilhopj@uol.com.br

  9. Darlan

    Ha sim, sou “yamaheiro” sim, mas até na faixa de 13 milreais, acima disso sou yamaheiro e hondeiro, pois na faixa de preço da hornet pra cima a Honda tem ótimos produtos e modernos, abaixo disso só lixo beberrão.

  10. ricardo

    A frente dessa moto ficou show!mas a traseira ficou ridicula,faltou uma carenagen, mesmo que pequena.

  11. Costa

    Vcs que anda de moto pra cima e pra baixo, e como ando muito pouco e tenho 1,69 de altura e gosto muito de moto alta, como esta tenere 250. Como meu tamanho e´ baixo, conseguiria pilotar essa moto sem susto. Pf me ajudem nessa duvida.Abs

  12. Nelson Almeida

    Estive em duas concessionárias da Yamaha em Porto Alegre. Fui muito bem atendido nas duas. Vi uma Teneré exposta e já vendida. Achei linda e com excelentes perspectivas gerais pelo que analisei. Já tive várias motos. A última uma BMW carburada. Desejei uma injetada. Poderia comprar uma BMW zero. Mas me atraiu a Teneré por vários motivos. Sou alto e o seu porte e altura é até maior que a 650 da BMW. Terei um atendimento muito mais em conta e economia nas peças e consumo. Não desejo para fazer rally e correr como um louco. Quero andar na cidade de Porto Alegre e eventualmente dar uma saida mais longe. Creio que gostarei muito dela e ela está tendo tanta aceitação que só me entregarão dentro de 20 dias. Fiz a reserva e esperarei. A yamaha segue o seu próprio caminho que não deve ser uma cópia das tendencias européias. Quando chegar a Teneré 660 posso pagar a diferença e trocar se desejar, mas não sei se farei. Seja como for, não julguei cara, dentro de nossos padrões de imposto caros, R$ 14.700 emplacada. Ela é extremanete mais bonita que a XRE da Honda que quase comprei pois não a havia visto. Já vem com bolha, pode perder por não ter ABS, mas tem mais autonomia nos demais quesitos são semelhantes mesmo tendo menor cilindrada. Creio que ficarei satisfeito. É uma bela moto. Quem for ve-la, sem algum preconceito, certamente se apaixonará.

    • geci

      tá coma ténéré 250cc ainda? o que pode dizer da moto atualmente? quanto a custo benefício em relação peças e manutenção já gastou muito?
      quanto a consumo quantos km por litro?

  13. DENNYS DERCYLLO

    GOSTARIA MUITO DE RECEBER MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A TENERE 250 CIL, POIS ACABEI DE COMPRAR UMA 2011, PRETA NA MINHA CIDADE, E ESTOU GOSTANDO MUITO DE ANDAR NELA. MAIORES INFORMAÇÕES PODEM ENVIAR PRO MEU EMAIL. UM ABRAÇO

  14. vivopormoto.com

    Com muito respeito à todos e muito respeito mesmo, a 300 da honda realmente é p/ o cara que tem estilo e gosta da parada ………é uma puta moto ( a versão trilha, nem todos compreedem..rs….pois existe grande diferença entre motoqueiros e motociclistas)…..mudando de vertente a (yamaha ) lander 250 tbm …..pois sem cometários ruins……puta moto boa…porra…… agora tem cara que quer falar da tenéré…..blz….fala…….mas pelo menos tenta se informar ….!!!!!!?!!!!! a estética muda claro …mas , é muito mais confortável p/ viajar , cabe mais combustivel e o assento é muuuuuuito mais confortável………
    não julgue pela própria opinião…..reconheça a ótima idéia e passe adiante”!!!!!!!
    sucesso “a todos !!!!

  15. amaro

    Comprei uma tenere 250 cc e estou satisfeito, acho que alguns comentarios nao estao de acordo, mas temos que saber que nem todas as pessoas sabem o que dizem, porque elas nao fazem uma melhor!

  16. tiago

    ola sou novato aki, adquiri minha tenere a 1 mes da cor branca e estou satisfeito , ela tem uma ótima altura , principalmente nas ruas e avenidas de sp, onde nao preciso desviar dos retrovisores de veiculos pequenos , é uma boa escolha!! ( cuidado nos corredores com onibus e vans pois o retrovisor bate no peito rsrs.

    um abraço tiago

  17. marciano

    amigos,baseando-se nos problemas de motores das 300 da honda . ja pensaram se fossem com a yamaha,iam dizer o seguinte pra vc ,tambem olha a moto que vc comprou e´yamaha,moto tem que ser honda. honda e´honda. ou seja vc ta comprando apenas o nome . me digam uma coisa porque a yamaha da 2 anos de garantia ,motos teste drive e a queridinha honda 1 ano de garantia e teste drive nem pensar. faz algum sentido pra vc.

  18. Celso.

    Eu comprei uma Ténéré 250 hoje, ela é uma máquina, fiz teste drive na xre 300 honda e achei uma porcaria, sem contar com o velho barulho da corrente, a ténéré é mais silenciosa e os 250 cc a velocidade é igual a xre 300cc, além de ser mais cara tem uma frente que parece mais como um pica pau ainda mais se for a vermelh. Resumindo não é por que é a moto que eu comprei, mais ela é incrívelmente uma máquina…

  19. robson

    Gostaria que me ajuda sem pois estou pensando em comprar uma 250c ou a cb 300c só que li muitas reclamações da cb 300c então queria que quem já é proprietário da ténéré 250c me fala sem do que acharão da moto das diferenças da Honda mas só quem é proprietário pois não quero tomar uma decisão encima de suposições de que não tem uma Yamaha
    Agradeço

  20. Ney

    Eu estou pesquizando sobre a Teneré desde que lançaram no inicio do ano em POA, e cheguei a seguinte conclusão: Vou comprar a minha no final desse ano. Existe praticamente uma unanimidade entre os que possuem uma em dizer que a moto é excelente. Eu sinceramente me apaixonei pelo designe dela à primeira vista…A globo fez uma excelente reportagem no Auto Esporte…varias outas materias vieram a seguir falando sempre muito bem do custo/beneficio da Tenere em relação à XRE 300. Como cansei de ser roubado por possuir Honda (me roubaram uma twister ano passado), e sou amante do conforto das Yamahas, irmãos, a Teneré é a minha escolha. Baseado em fatos concretos. Pesquizem bem e verão. Por falar em verão, quero estar com aminha magrela nesse verão pra curtir o sol, praia e estrada com minha Teneré e a gata na garupa. Abraços

  21. everton

    show de bola trabalho em uma seguradora com uma dessa foi uma otima escolha para a genti muito boa moto quem esta em duvida de comprar uma pode comprar sem medo nao vai se are pender.

  22. Lemao

    Fala pessoal… tenho uma Lander azul 2008, quero pega a Ténéré 2012…
    A yamaha acertou em vazer ela assim! Tudo oque precisavamos!
    Esse pessoal que fala, não tem experiencia nenhuma com motos! Só sabem pagar, sete mil Reais em uma Biz +, ou andar de CG (lixo com escapamento aberto!), procurem andar com a moto!
    E o valor de revenda? A minha lander perdeu 1.500 reais no valor de mercado. e a Honda?
    Gente aprendam uma coisa, NÃO EXISTE SÓ HONDA!

  23. Midller

    Nossa pessoal estava lendo aqui os comentários de todos “claro que a maioria são hondeiros” mas eu já fui hondeiro também pois já tive posse de uma NX200Cc da Honda “Andava muito” pena que esquentava o motor rápido d+.
    Eu adquiri uma Ténéré 250Cc – Preta aqui na cidade de Feira de Santana – BA, Estou com ela a 2 meses já fiz viagens de mais de 400Km com ela amaciando o motor. E posso lhes garantir, a moto tem alta desenvoltura tanto no asfalto, quanto em estrada de chão batido.

    Cheguei a bater no quadro dela 150KM, e não é desvalorizando a Honda mas dei pal em três XRE 300Cc aqui na minha cidade, em “peguinhas” e tanto em viagem. Meu amigo tem uma XRE 300Cc. Já viajamos de Feira de Santana – BA para Ribeira do Pombal – BA media entre as cidades de uns 190 KM de distancias.

    Sou estradeiro viajo muito, nesse dia fomos comparando as motos, e verdadeiramente ambas tem desempenhos quase parecidos. E em economia minha moto saiu bem a frente nós viajando em velocidades de 135Km a 140Km/H minha moto rodou tranquilamente sem precisar abastecer na BR quanto a dele teve q fazer uma leve parada só para garantir mais a viagem pois estávamos em velocidade acima do normal.

    Em questão, desempenho e conforto, a Tenere permanecia sempre na frente não “vangloriando” minha moto porque tenho uma tenere, mas moto muitas das vezes não é só “motor”. Tem que ser piloto também para saber se manter sempre na frente, saber esticar machas e saber se manter em velocidade final.
    Em questão conforto após 2h e 45min mais ou menos de viagem eu vim cansar. Não senti nenhuma vibração ou barulho na tenere durante o percurso no asfalto. Meu motor foi enxuto e voltou enxuto sem vazamentos de óleo pelas juntas, etc.
    Já a XRE deu uma vazada besta de óleo, mas nada que afetasse o desempenho dela, pois você manter duas motos em mais de 2h de viagem a uma velocidade de uns 140km/h sem que o motor desse algum vazamento já é pedir d+, mas nessa questão a YAMAHA se saiu bem em parte mecânica da moto.

    Bem como eu falei já fui Hondeiro andei muitos anos em uma Honda NX200Cc. Viajei muito com ela por aqui na BA. Mas hoje após adquirir uma YAMAHA mudei de contesto e visão. As Motos são melhores têm ótimos desempenhos, e com peças duradouras.
    Em questão ao fundo da moto também achei meio simples pelo designer robusto da moto, mais vai entender esses engenheiros brasileiros.
    Questão freio realmente ABS é ABS, mas os freios da tenere não me deixaram na mão não. Pois já tive freadas de emergências na pista com uma velocidade media de uns 135Km/H e ela responder bem questão de segundos a moto parar, sem “travar roda”. A gente cepo toda mais não tranco a roda dianteira fazendo uma freada precisa. Sem maiores acidentes. “mas bem para garantir poderia vir com ABS né” rss

    Aconselho quem esta para comprar essa moto, que compre mesmo pois é uma boa estradeira e Urbana também, realmente a economia de gasolina é fantástica pela Cc que ela puxa, a minha esta fazendo em media de 28,5.
    ““Filmei ate um vídeo, meu nela, na minha viagem” nesse vídeo meu outro amigo da XRE não se encontra”. Porque muitos podem esta pensando que estou puxando saco da Yamaha porque tenho essa moto.
    Nesse vídeo filmo eu e meu primo em uma Lander 250Cc viajando para Ribeira do Pombal. Próximo vídeo posto a viagem com a da XRE300, Tenere 250Cc e Lander 250Cc, na BR.

    Link abaixo do vídeo.

    Abraço a todos,
    Maiores duvidas sobre questão de desempenho ou sobre a moto podem me enviar e-mail que tentarei ajuda-lo ou auxiliar 
    Att,
    Midller

  24. motociclista

    Depois de ler todos os comentários realmente acredito que muitos pensam na marca, claro que comparando a alguns produtos chineses certamente os nossos são melhores, mas fazer o que se o negócio é capitalismo desenfreado.
    Tenho pesquisado sobre a XRE e a TÉNÉRÉ mas vou ficar com a yamaha uma vez que sua autonomia é de até 400 km fazendo média de 25 k/l uma vez que costumo viajar a 100/110 de média.
    Meu objetivo é fazer Patagonia ano que vem,podem deixar que vou postar os relatos reais sobre a motocicleta nesta página.
    Abraço a todos e muita estrada, indiferente de que marca seja ou cilindrada, uma vez que o que vale é o motociclista e não o restante.

    • geci

      oi

      ainda tá com a téneré 250cc o que achou da moto nestes meses? relação custo manutenção e peças já gastou muito? quanto ao consumo faz quantos km por litro? é boa tanto estrada quanto asfalto tô pensando em comprar uma 2011/11 nova 0km q ainda restaram na concessionária em minha cidade tem um preta e outra branca ainda não decidi cor, tão me fazendo 13000 já emplacada.

  25. eduardo

    Vou fazer uma viagem longa, e garanto para vocês, com a superioridade em alguns quesitos da XRE, vou optar pela Tenere 250, pois tenho certeza que não vou ficar na estrada com uma pane na bomba de combustivel ou por vazamento de oleo, que vergonha HONDA…………..Sempre tive honda agora vou mudar pois até no acabamento a honda perde.

  26. Moreira

    Alguém pode me dizer o motivo que a Ténéré 250 tem uma lâmpada para luz baixa e outra para luz alta? Não seria possível colocar no modelo que elas acendessem juntas tanto na luz baixa como na luz alta? Já perguntei para o pessoal da Yamaha por e-mail. Eles responderam o e-mail mas não responderam a minha pergunta. Só esse detalhe que me deixou um pouco contrariado com a Ténéré 250, pois fica parecendo que tem uma lâmpada queimada no farol.

    • Ticiano

      Olá Moreira, bem é o seguinte: provavelmente o sistema de “alimentação e carga” (alternador) da moto não vai conseguir alimentar as duas lâmpadas e carregar a bateria adequadamente ao mesmo tempo, isso teria que ser pensado antecipadamente ao projetar a moto, as lâmpadas da Tenere são modelo “H7″ iguais as usadas em vários veículos, estas lâmpadas ja tem um bom desempenho (55watts), e além disso o conjunto de faróis alto e baixo tem caracteristicas de construção diferentes, se vc olhar bem de perto vai descobrir que o bojo (parte refletiva) do farol não são iguais, e sendo assim na luz baixa vc não poderia ter o farol alto ligado junto, incomodaria quem tivesse em sentido contrario, agora na luz alta “poderia sim” ficar o farol baixo ligado junto, seria legal, mas aquele detalhezinho do projeto não deixa……….resumindo, tenho uma Tenere 250 e gosto muito do farol dela…….não mudaria nada, até gosto do sistema da farol separado (pelo jeito é só eu que gosto) rssssss. Abraço.

  27. LucasSouza

    Pqp!!!!!!!!Só pode ser um pesadelo,hj dando um rolê na TENEBROSa,dou uma olhada pro motor e ele babando!!!!!Caralho dia 01/12 faz 5 meses só que to com ela!Ta com 4.500km já vou mandar pra revisão de novo,passei maus bocados com uma Xt225,tomara que num me de tanto trabalho como a xtzinha!Fica um alerta ai e se alguem já passou por isso ou sabe de algo peculiar sobre a TENERE da um alo ai…Amo a moto ela só pode tá de brincadeira comigo!!!!1Abratz a todos proprietarios dá maquina…E que seja só falta de torque dos parafusos!!!AméM!!!!!!1

    • geci

      ainda tá com a téneré 250cc o que achou da moto nestes meses? relação custo manutenção e peças já gastou muito? quanto ao consumo faz quantos km por litro? é boa tanto estrada quanto asfalto tô pensando em comprar uma 2011/11 nova 0km q ainda restaram na concessionária em minha cidade tem um preta e outra branca ainda não decidi cor, tão me fazendo 13000 já emplacada..,

    • Tristão

      que merda a minha saiu vazando com zero km! merda!

  28. Marcos

    comprei a minha tenerezinha linha 2012, pena que só vou pegar ela dia 5 de janeiro 2012,ja fui hondeiro tambem tive uma Shaara mas sinto muito Honda não é mais Honda Yamaha testa de parabens

  29. ADOREI A TRAIL TENERÉ 250CC, MOTO COM CUSTO BACANA, E DAR SIM PARA REALIZAR LONGAS VIAJENS, E TEM UM DESIGN NO ESTILO BEM TRAIL,,, BRASILEIROS, PAGAMOS MUITO CARO EM MOTOS QUE PODERIAM SAIR MAIS AM CONTA PARA NÓS, MAS TANTA GENTE TEM MOTO MELHOR, ENTRA EM UM MOTOCLUB E NÃO SAEM DO MUNICIPIO,,, O IMPORTANTE É PILOTO E O ESPIRITO DE AVENTURA…. VLWS

  30. Marcos Martins de Queiroz

    Na minha opinião, a YAMAHA, não deveria ter tirado a XTZ 250x para colocar a XTZ Ténére 250, poderia ter nos dado mais uma opção de modelo, mas em vez disso, retirou uma ótima modo de linha, que para mim é super show. Nada contra a XTZ Ténére 250, que pelo visto é até mais confortável que a XTZ 250x. Mas que seria ótimo a YAMAHA, voltasse a motard de 250, seria.

  31. Keyzo Vilarinho Takahashi

    Adquiri uma Tenere 250 preta (semi-nova) com 4600km recentemente. Estou gostando muito da moto, fiz uma viagem de 130km com o “cabo do acelerador enrolado” e na descida o máximo que atingi foi 141km/h na ida. Já na volta (dois dias depois) a moto chegou aos 148km/h. Sei que não é a proposta da moto, pois a velocidade boa para se viajar sem vibrações eu vi que é na faixa de 100 ~ 110 km/h, mas pelo fato dela ainda estar um pouco “amarrada”, fiz questão de fazer um esforço para melhorar o amaciamento… Alguém sabe me dizer se com essa km que ela está hoje 5200km ainda é possível melhorar o “amaciamento” dela? É viável? Corro algum risco de danificar o motor?

    * Nesta tocada de cabo enrolado ela fez 20km/l. Depois que voltei de viagem, andei dentro da cidade na moral e a moto fez 30,5km/l. Média muito boa pela moto.

  32. Keyzo Vilarinho Takahashi

    Li em alguns fóruns que o modelo 2011-11 tem alguns problemas de fábrica que teoricamente, caberiam recall:
    1º. Problema do toc-toc na suspensão dianteira, além desta dar fortes solavancos em depressões maiores (de fato não notei isso na minha, mas depois que li, fiz alguns testes com a moto desligada, pressionando o freio dianteiro e forçando a suspensão, realmente ouvi um barulho que aparentemente não é normal);
    2º O problema das mangueiras de óleo do motor que estouram do nada, o que já fez algumas pessoas perderem o motor da moto por falta de lubrificação e até correrem sérios riscos de se acidentar por causa do óleo vazando (ainda estou pesquisando se a minha moto tem este problema, pois li que algumas motos 2011 já vieram com a mangueira nova).
    3º Falta de Lubrificação no rolamento traseiro;
    4º Falta de lubrificação na balança.
    * Li várias reclamações postadas, e gostaria de verificar a procedência com proprietários de motos Yamaha Tenere 250. Adquiri essa moto seminova, porém a mesma ainda se encontra na garantia até Agosto de 2012, e por isso o que for “problema” vou tentar resolver junto a autorizada dentro desse prazo.

  33. silvio augusto

    tenho uma tenere 250 preta 2012 a moto é realmente muito boa: conforto, economia, autonomia, aparencia de moto de maior cilindrada vc sente segurança quando pilota eu ja tive uma lander e achei muito boa mas a tenere é muito superior principalmente a suspensão e o banco que melhoram muito o conforto é uma moto extremamente ágil ideal para o dia a dia coloquei na minha aros de aluminio preto, raios de inox e bagageiro preto ficou linda minha VIUVA NEGRA aconselho aos que estão em duvida a compra la sem medo pois estarão fazendo um ótimo negócio.

  34. Marcelo XTZ

    Bom, tenho uma Ténéré 250cc há quase 1 ano e só tenho a elogiar. A moto apresentou o problema na suspensão dianteira que foi citado acima, e foi resolvido logo na primeira revisão feita na concessionária. Apenas tenho uma dúvida ainda, atualmente ela tá com 5400km rodados mas ainda escuto uns barulhos de sinos no motor quando aquecido. (Após a revisão de 5000km diminuiu o barulho, porém continua. E o que foi passado é que são os balancins que fazem este barulho).Gostaria que os colegas que também têm uma Ténéré 250cc externassem se escutam o mesmo barulho e se realmente é normal ou tenho que levar na concessionário para resolver o mesmo. Grato.

  35. Makalandi

    Prezados, esrtou pleiteando uma Ténéré 250 e ainda estou pesquisando sobre a XRE 300. Já lí vários blogs na internet, falando sobre as especificações técnicas de ambas e a brutona da Yamaha leva vantagem.Tenho uma Fazer 09/10 e achei excelente. Depois de alguns tira teimas acho que resolverei mesmo pela Tènéré. Basta agora saber sobre a manutenção e pesar a escolha.Grato.

  36. Diego Dahmer

    Tem diferença da XTZ Ténéré 250 11/11 para a 12/12 além das cores e adesivos?

  37. jussiel oliver

    não tenho nada comtra nxr300 eu so sei que gosto e questão de estilo eles sempre andão juntos por isso eu sou ténéré, mas isso não me proibe de mudar por que errar e humano mas continuar no erro burrise

  38. alex

    ola, comprei uma tenere 2011 Okm, vou retirar amanha, segunda feira, 19/11/2012. Porém vi alguns relatos sobre problemas no modelo 2011 tais como:
    1 – Pistao do garfo dianteiro o tal do (toc toc );
    2 – mangueira de oleo estourar do nada;
    3 – lubrificação na balança;
    4 – lubrificação no rolamento traseiro.

    Será que devo reclamar antes de retirar a moto, ou apos a revisão?
    ps. sempre tive honda, ( sg125-cb450-bros-twister ) todas são excelentes. esta é a primeira YAMAHA, comparei a tenere 250 e a xre 300 e por vários itens (fazamento de oleo, barulho na relação, roubos, consumo, conforto, farol, acabamento, e outros ), resolvi optar pela tenere 250. gostei muito. Estou aguardando informações para quem ja tem a tenere sobre os problemas que “TALVES” possam surgir. obrigado e abraços.

    No mes que vem se DEUS quiser, estarei indo para Montevideu com a Tenere.

  39. alex

    ops. é cg125 e nao sg125.

  40. Cleiton Gobetti

    Refaça sua mangueira de óleo do radiador da Tenere 250
    O original foi projetado para aguentar até 300 psi de pressão e estouram ou vazam facilmente se o usuário passa de 120 Km/h frequentemente, o que faz a pressão de óleo aumenta muito.
    A que refaço é projetado para aguentar mais de 1.000 psi.
    Apenas R$ 150,00 cada. Fica melhor que os originais.
    É só mandar a sua via correios. Eu as refaço e as envio de volta.
    Interessados 11 – 9-5486-7400 Tim / 11 – 9-7997-6402 Oi
    Cleiton Gobetti

  41. Gosto é igual a nariz… cada um tem o seu!
    Me amarrei nesta moto mas achava que ela podia ser diferente da Lander… Mais potente!

  42. Gente ja tive varias Honda de 125 ano 78 importada a CBX750 , a sete galo, e nunca fui fã de Yamaha, ja tive motos da Agrale e hoje tenho uma Tenere 250, que comprei semi nova , cara ja andei uns 14 mil km nos ultimos 07meses com ela, macia, robusta, economica com medias de 29 a 33 km por litro, viajo a noite e o farol eh melhor que de carro as carretas pedem luz baixa, a relaçao durou 25 mil km e só troquei pq a corrente caiu e deu uma torcida senão fosse por isso andava mais uns tantos kms, não me arrependo da compra to pensando numa XJ6 agora, mas se precisar ainda vou rodar muito na Tezinha.

  43. arnaldo fragoso junior

    tenho um tenere 250 2011 show d bola tenho moto desde meus 17 anos estou com 42 minha primeira moto foi uma rx 125 ano 80 depois desta so tive honda e agora comprei a tenere não me arrependo em na da e o único problema desta mjnha tenere sou eu !!!!! so de punho colado ate o final e ela pede mais 5rsredersrss

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s